Saco de compras da Ikea inspira criações originais

Depois da Balenciaga ter copiado o design do icónico acessório da cadeia sueca, começaram a surgir na internet fotografias de roupas e outros objetos fabricados com o mesmo material.
créditos: Lifestyle

Muita tinta correu relativamente à polémica do saco que a Balenciaga terá alegadamente copiado à cadeia de mobiliário e decoração sueca Ikea. O icónico saco de compras Frakta, habitualmente vendido a 0,50 €, não só inspirou os designers da marca de moda como pessoas em todo o mundo, que decidiram transformar o famoso saco azul do gigante do mobiliário num acessório de moda ou até mesmo numa peça de roupa.

Desde máscaras a bonés, desde mochilas a tangas, a imaginação parece não ter limites. A avaliar pela quantidade de propostas originais que, nas últimas semanas, surgiram nas redes sociais, o saco de polipropileno azul dá para (quase) tudo. «O saco de Ikea é agora um chapéu trendy», escreve mesmo a prestigiada revista Time na sua edição online.

As marcas de streetware Pleasures e Chinatown também lançaram, nas últimas semanas, peças inspiradas no recipiente que milhões de pessoas em todo mundo usam para fazer compras. Esta não é, no entanto, a primeira vez que os produtos da Ikea inspiram os criadores de moda. Em 2012, Ida-Marie Corell, residente em Berlim, na Alemanha, criou um vestido de noite, usando 555 sacos azuis da marca.

Texto: Eva FalcãoLuis Batista Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários