Há cada vez mais mulheres a rejuvenescer a zona genital

Em apenas 12 anos, o número de intervenções de redução dos pequenos lábios da vagina aumentou 64%. Portugal está a acompanhar a tendência.

A procura por cirurgia estética íntima tem aumentado significativamente nos últimos anos. Os estudos realizados em vários países revelam que há cada vez mais mulheres a recorrer a técnicas que rejuvenescem a sua zona mais íntima. Por exemplo, um estudo realizado na Austrália, divulgado pelo site Medical Daily indica que, entre 2001 e 2013, o número de labioplastias, procedimento de redução dos pequenos lábios da vagina, aumentou cerca de 64%.

Em Portugal, não há números precisos, mas os especialistas confirmam a tendência. «São cada vez mais as mulheres que procuram melhorar a sua autoestima recorrendo a estes procedimentos», afirma Luísa Magalhães Ramos, cirurgiã plástica, e, segundo o cirurgião plástico Biscaia Fraga, as técnicas que permitem corrigir o aumento excessivo dos pequenos lábios e a flacidez da vulva e da vagina são as mais procuradas.

Mas existem outros problemas que podem ser resolvidos com ajuda deste tipo de cirurgia, como é o caso do excesso de gordura, da flacidez dos lábios vaginais, do aspeto dos lábios pequenos e do relaxamento vaginal. Os especialistas do setor afirmam que, em 2015, em todo o mundo, foram realizadas mais de 95.000 labioplastias e mais de 50.000 vaginoplastias. Portugal tem registado a mesma tendência crescente.

Texto: Sofia Santos Cardoso e Luis Batista Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários