Os efeitos do stresse na pele

Se quiser ficar (ainda) mais bonita... relaxe! A ansiedade, a angústia, o cansaço e os estados depressivos prejudicam a epiderme. Mas existem tratamentos, rituais e alimentos que ajudam

Relaxar também vai favorecer o seu rosto, já que o excesso de stresse o torna baço. Todos sofremos ataques de stress ocasionais e a pele pode ser um dos primeiros órgãos a denunciá-los. Secura, sensibilidade, manchas, excesso de gordura e acne são alguns dos sintomas que podem surgir, variando de pessoa para pessoa. Se estiver a passar por um momento difícil, saiba que o seu cérebro responde a estados de stresse libertando noradrenalina, que por sua vez provoca diminuição da irrigação sanguínea periférica.

Consequentemente, a pele recebe menos nutrientes e torna-se baça. Para além disso, o stresse aumenta a produção de radicais livres, contribuindo para o envelhecimento precoce da pele. Resultado? As rugas acentuam-se. Quem tem maior risco de ver os problemas de stresse manifestarem-se na pele são as mulheres entre os 20 e os 30 anos, idade em que o rosto deverá estar no seu melhor, uma vez ultrapassados os problemas hormonais da adolescência, e com os sinais de envelhecimento cronológico ainda distantes.

Como atacar o problema

A melhor forma de o controlar? Conceder a si mesma, todos os dias, um momento de relaxamento só seu (meia hora é suficiente), como se se tratasse de algo recomendado pelo médico e que não pode deixar de fazer. Deve, preferencialmente, recorrer a exercícios de yoga, fazer respirações profundas, ler um livro ou tomar um banho calmante. Deve fazer o que quiser, desde que lhe saiba bem. A talassoterapia é outra das opções.

Se tiver disponibilidade, vá a um centro de estética e faça uma cura relaxante, uma vez por mês. Visitar um spa é outra das experiências relaxantes que deve ponderar. Se está numa de se mimar, sugerimos-lhe três spas de luxo de norte a sul do país. E aumente a ingestão de antioxidantes, como as framboesas, para lutar contra o envelhecimento precoce. Para conhecer os benefícios de outros alimentos que deve ingerir, clique aqui.

artigo do parceiro:

Comentários