Corrigir o corpo sem recorrer ao bisturi é a nova tendência

O preenchimento com gel permite aumentar o peito e os glúteos sem intervenção cirúrgica. Mas será que este procedimento estético substitui a cirurgia?

A crescente procura de alternativas à cirurgia clássica ditou um novo caminho na medicina estética. Fugir ao bisturi! Seguindo esta tendência, chegou a Portugal há já uns anos o Macrolane, um gel de ácido hialurónico que remodela o contorno corporal e aumenta o volume de forma imediata e natural. Sem cortes nem cicatrizes. Até hoje, se quisesse aumentar o tamanho do peito ou remodelar os glúteos, não tinha um grande leque de escolha.

As opções disponíveis passavam , inevitavelmente, por uma intervenção cirúrgica, implante de próteses de silicone ou enxertos de gordura (com direito a anestesia geral muitas vezes), internamento e pós-operatório mais ou menos demorado. Mas, agora, existe outra opção para quem procura criar volume e definir o contorno corporal de forma natural e harmoniosa, um procedimento minimamente invasivo, rápido e simples.

Um procedimento, que consegue resultados praticamente instantâneos e permite o regresso imediato à vida quotidiana. O responsável por esta novidade foi o laboratório sueco Q-MED e o produto que o consegue chama-se Macrolane, um gel de ácido hialurónico estabilizado de origem não animal (NASHA), isento de qualquer elemento susceptível de causar infeções e alergias, idêntico ao que é produzido de forma natural no nosso organismo

Rápido e cómodo

A sua principal função é fixar água, proporcionando volume aos tecidos. Pode ser utilizado para aumentar até um tamanho de sutiã, bem como dar volume aos glúteos e barriga das pernas (gémeos). Para além disso, preenche irregularidades no contorno corporal. E, para os homens, também trouxe uma boa notícia. O Macrolane permite exibir uns peitorais dignos de longas e árduas sessões de ginásio e, até, aumentar o volume do pénis.

Depois de vários anos de estudos clínicos, incluindo um estudo feito no Japão com 1.100 pacientes que remodelaram ou aumentaram o peito com sucesso, Macrolane foi aprovado pela Comunidade Europeia em setembro de 2007 e chegou pouco depois a Portugal. Trata-se do primeiro e único gel de ácido hialurónico especificamente desenvolvido para o corpo e tem por base a mesma tecnologia utilizada no popular Restylane.

Um produto que foi aplicado em mais de 10 milhões de tratamentos faciais, em mais de 70 países, ao longo de 10 anos, com excelentes resultados e uma taxa mínima de efeitos adversos. O paciente tem de submeter-se a uma consulta antes do tratamento, o que no caso do aumento do peito inclui uma mamografia. Não são, contudo, necessários testes prévios de sensibilidade e tolerância, uma vez que este gel é idêntico àquele que existe de forma natural no organismo.

Corrigir o corpo sem recorrer ao bisturi é a nova tendência

Veja na página seguinte: Como se processa a aplicação

Comentários