Ser mãe explicado, bem explicadinho

Devia estar com ar péssimo, com os olhos esquisitos, o nariz vermelho, e quase sem voz, pois pergunta com ar sério...

Estou a chocar uma. Nariz a pingar, corpo quente, voz meio sumida, garganta irritada. É um anúncio que vem aí uma gripe, ou uma virose forte e acompanhada de uma febre que me deixará derreada.

A verdade é que sou uma piegas, e com uma pontinha de febre fico que nem me aguento.

Arrastei-me pelo corredor, entre kleenexs e sprays para o nariz, até que vejo o João.

Sentei-me mais afastada dele, quando ele olha para mim, com os olhos grandes e arregalados.

Devia estar com ar péssimo, com os olhos esquisitos, o nariz vermelho, e quase sem voz, pois pergunta com ar sério:

-    Mamã, o que tens?

-    Acho que estou a ficar meia doente, sabes...

-    Achas?

-    Acho mesmo.

-    Não podes!

-    Ai não? Porquê?

-    E amanhã quem me leva à escola???

Marta Andrade Maia

My baby blue blog

artigo do parceiro: Marta Andrade Maia

Comentários