Há dezenas de secundárias que só têm um curso curricular

Há 61 escolas que apenas lecionam uma área no Ensino Secundário, qualquer que seja a vocação dos alunos.

A notícia é avançada esta segunda-feira (20/03) pela edição impressa do Jornal de Notícias.

Quando acabam a escola no 9.º ano, os anos deveriam poder escolher entre várias áreas, de acordo com os seus gostos, vocação e ambições profissionais. Mas nem sempre é assim.

É uma realidade que escapa a quem vive nos grandes centros urbanos, mas há 61 secundárias onde os alunos não podem escolher o curso que querem, porque não há estudantes suficientes para abrir mais do que uma área de aprendizagem a partir do 10.º ano.

O número é confirmado pelo Ministério da Educação.

De acordo com o referido diário, uma busca feita no portal Infoescolas indica que, em mais de uma dezena de casos, as escolas secundárias onde isto acontece são as únicas do concelho.

Segundo o mesmo jornal, das 592 escolas secundárias públicas do país, 61 só têm um curso, 177 só têm dois cursos, 173 têm três e só 181 têm a oferta curricular completa.

Os almoços nas escolas de todo o mundo

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários