Como aplaudir as conquistas do seu filho

As situações em que deve elogiá-lo

Um estudo da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos da América, concluiu que elogios exagerados prejudicam crianças com baixa autoestima. «Se lhe dissermos que fez algo incrivelmente bem, ela vai achar que terá de fazer sempre tudo incrivelmente bem e, com receio de não conseguir, evitará novos desafios», explicou um dos autores.

 

Por outro lado, a ausência do elogia na infância, segundo Teresa Marta, coach para a coragem e CEO da Academia da Coragem, «origina adultos que passam pelas suas vitórias como algo que era apenas sua obrigação».

 

Ao elogiar uma criança estamos a mostrar-lhe afeto e atenção, mas há que fazê-lo bem. Veja de seguida cinco dicas que deve ter em conta na hora de elogiar o seu filho:

 

1. Diga à criança o quanto aprecia as suas capacidades, mesmo quando não atinge alguns dos objetivos propostos.

 

2. Reforce-a pelas atitudes positivas, elogiando-a sem lhe oferecer bens materiais.

 

3. Elogie mais quando as atitudes da criança envolvem o respeito, o amor, a aceitação das diferenças, a entreajuda e a bondade, em detrimento das capacidades intelectuais.

 

4. Quando ela não merece ser elogiada, não o faça. Não se sinta culpada por isso. Explique-lhe, no entanto, o que esperava como sendo a atitude correta na situação em causa e porquê. 

 

5. Nunca elogie uma criança comparando-a com outras.

 

Texto: Paula Barroso

 

artigo do parceiro:

Comentários