Aconselhamento médico online

A procura de informação médica na internet deve exigir alguns cuidados

Ao primeiro sintoma ou queixa da criança, muitos pais correm para a internet em busca de diagnóstico imediato.

 

Certo? Errado! Um estudo de análise de sites britânicos desaconselha a procura de informação médica-infantil através de motores de pesquisa na internet.

 

Apenas 200 em mais de 500 sites dispunham de informação clinicamente correta. A equipa de investigadores de Nottingham testou cinco dos mais populares tópicos de saúde infantil, incluindo amamentação e autismo e concluiu que os sites governamentais aparentam ser os que dispõem de melhor informação.

 

Apenas 200 em mais de 500 sites dispunham de informação clinicamente correta, concluiram ainda os especialistas que desenvolveram esta investigação.

 

Para aceder a informação médica-infantil revista científicamente por pediatras e médicos especialistas,
clique aqui.

artigo do parceiro:

Comentários