A asma nas crianças

Saiba o que tem de fazer para ajudar o seu filho

É uma doença inflamatória das vias aéreas. É a alergia mais preocupante e potencialmente a mais grave.


As suas manifestações mais típicas são a falta de ar e tosse. «Às vezes, ouvimos um chiar baixinho no peito, os chamados gatinhos», descreve Cristina Santa Marta, alergologista habituada a lidar com este tipo de casos.

 

É uma doença que prejudica muito a qualidade de vida, sendo que «há crianças que se cansam muito e ficam com tosse só por correr e por isso deixam de o fazer», explica a especialista. 


Como prevenir

 

É importante arejar as casas, não ter muitos peluches e fazer limpezas sem que a criança esteja por perto, ou seja, «no fundo diminuir a carga de ácaros a que está exposta», aconselha a alergologista.  


Tratamentos

 

«Os anti-inflamatórios quer em pó, que se aspira, quer em spray resultam muito bem com a grande maioria dos asmáticos», assegura Cristina Santa Marta.


Duração

 

«Há crianças que deixam de ter asma quando chegam à adolescência, mas em adultos podem voltar a ter. É muito imprevisível», explica a especialista. 

 

Texto: Raquel Amaral com Cristina Santa Marta (alergologista) 

artigo do parceiro:

Comentários