Nome de Amber Rose envolvido em rede de prostituição

A modelo Amber Rose viu o seu nome e imagem serem utilizados por uma rede de prostituição em Los Angeles, Califórnia.

BEVERLY HILLS, CA - OCTOBER 16: Host Amber Rose attends the XXIV Karat's Launch Party at The Beverly Hilton Hotel on October 16, 2014 in Beverly Hills, California.

créditos: Valerie Macon/Getty Images/AFP

Segundo o site TMZ, a polícia norte-americana está a investigar uma rede de prostituição que aliciava mulheres com o intuito de protagonizarem sessões fotográficas e campanhas publicitárias para marcas de roupa.

Às aspirantes modelos, que contactavam a empresa após verem o anúncio no Instagram, era-lhes dito que seria Amber Rose a pessoa-chave no processo de seleção das candidatas.

As potenciais modelos eram enganadas com uma suposta entrevista via "Facetime" com Amber Rose, que eventualmente falhava devido a má rede. Na verdade, a conversa era uma gravação de um vídeo retirado da conta "Ustream" de Amber Rose.

Eventualmente a empresa explicava às jovens que marcaria encontro com homens abastados e que se estivessem dispostas a algo mais íntimo, elas teriam oportunidade para trabalhar em melhores projectos.

Uma das modelos fez a denúncia à polícia de Los Angeles de que recebeu uma proposta para prostituição pela suposta empresa.

Comentários