Carlos Cruz e família com a vida arrasada

Carlos Cruz e família com a vida arrasada O apresentador já teve de vender os seus imóveis e sonha com o fim do pesadelo Casa Pia.

Há cinco anos, a vida de Carlos Cruz e seus familiares mudou do avesso. O apresentador, que espera pelas alegações finais do processo Casa Pia a 20 de Outubro, já teve de vender quase todos os seus imóveis e sonha em mudar-se para o Brasil para começar uma vida nova.

A revista "TV7 Dias" desta semana conta que, para superar as dificuldades financeiras decorrentes da falta de rendimentos, o "senhor Televisão", como era antes chamado, desfez-se de uma vivenda no Algarve, um monte no Alentejo e uma moradia de luxo em Cascais. Ainda vendeu um jipe e um BMW e comprou um carro mais modesto. Teria conseguido auferir com as vendas um total de cerca de 800 mil euros.

É com esse dinheiro que Carlos Cruz, a mulher Raquel e a filha Mariana se têm vindo a aguentar nos últimos anos. Até Raquel Cruz, que sistematicamente facturava algum dinheiro em trabalhos de moda, viu os convites desaparecerem desde que o marido se tornou arguido no caso de pedofilia que se arrasta nos tribunais.

Quem o confirma é Tó Romano, dono da agência Central Models a que Raquel está associada. "Desde que o escândalo rebentou, mais ninguém a contratou. Esperamos que o futuro seja mais risonho e que, quando tudo isto acabar, a Raquel volte a trabalhar normalmente", referiu ele à revista "TV7 Dias".

Também Marta Cruz, filha do apresentador e de Marluce, viu os convites desaparecerem num piscar de olhos. Marta trabalhava como manequim e dava os primeiros passos no mundo da televisão. Quando as oportunidades começaram a diminuir, mudou-se para o Brasil.

A relações públicas Mituxa Jardim revelou que um patrocinador ameaçou rescindir um contrato com uma discoteca algarvia, depois de saber que Marta Cruz fazia parte da equipa.

A ex-mulher do apresentador, Marluce, também voltou para o Brasil, sua pátria de origem, e anunciou que não pretende voltar a Portugal, devido à maneira como foi tratada depois das primeiras notícias da Casa Pia. "O que me fizeram não tem perdão", disse ela à "TV7 Dias".

Carlos Cruz poderá vir a optar pelo mesmo destino. Segundo Mituxa Jardim, que é amiga do apresentador, logo que ele seja proclamado inocente, "vai desprezar tudo e todos, indo viver para o Brasil, pois Portugal não o merece".

O advogado de Carlos Cruz, Ricardo Sá Fernandes, confia que o seu cliente seja absolvido e indemnizado em mais de 1 milhão de euros.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários