Britney Spears: mais um escândalo!

A polícia foi a casa da cantora, retirou-lhe os filhos e levou-a para análises num hospital.

Ao fim da noite de ontem, quinta-feira, a polícia de Beverly Hills, em

Los Angeles, foi chamada de urgência para resolver uma grande confusão

em casa de Britney Spears. Agentes, bombeiros, fotógrafos, televisões e

até um helicóptero acorreram ao local e, horas depois, a cantora acabou

por ser levada numa ambulância. Segundo fontes da polícia, Britney, de

26 anos, dava sinais de estar sob influência "de uma substância

desconhecida" e foi para o hospital fazer análises.

O escândalo (mais um!) teria sido provocado pelo facto de Britney

Spears não querer entregar as suas duas crianças ao pai e ex-marido,

Kevin Federline, que detém, neste momento, os direitos de custódia.

Preston, de 2 anos, e Jayden, de 1, filhos do casal desavindo,

encontravam-se com a mãe na altura do incidente. A cantora deveria

devolver as crianças ao pai à hora acertada entre as partes (7 da

tarde), mas ter-se-á recusado a fazê-lo quando um guarda-costas de

Federline tocou à campainha para ir recolhê-las.

A intervenção policial resolveu o assunto, ao fim de três horas de

conversações e gritaria: os meninos foram mesmo entregues ao pai e

Britney seguiu de ambulância para um hospital. "De facto, enquanto os

agentes estiveram em cena, puderam observar que Ms. Spears estava sob

influência de uma substância desconhecida" - disse um polícia de Los

Angeles, Jason Lee, ao site da revista "People".

Foi mais um dia mau para Britney, que logo pela manhã já tinha chegado

com um atrso de hora e meia a uma audiência relacionada, precisamente,

com o processo de custódia dos filhos, que ela perdeu judicialmente no

Outono. Interrogada pelos repórteres sobre se a audiência de ontem

tinha corrido bem e se o ex-marido tinha sido simpático, Britney disse

tudo num grito: "No!".

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários