Anel de Carla Bruni dá que falar…

A jóia oferecida por Sarkozy à sua jovem noiva pertence à colecção “A Namorada do Vampiro”, da Dior.

Jornais de Paris pouco afectos ao presidente da República Nicola Sarkozy estão a divertir-se à grande e à francesa a pretexto do anel de noivado que o estadista ofereceu a Carla Bruni. Depois de ter sido revelado que a jóia é igual a uma outra que Sarkozy em tempos oferecera à sua ex-mulher Cécilia (imaginem só a cara da jovem cantora italiana!), sabe-se agora que o anel pertence à colecção "A Namorada do Vampiro", da Dior.

Há oito dias, foi um repórter fotográfico da revista "Gala" que, comparando imagens, descobriu que os anéis de Cécilia e Carla eram iguais. Foi um escândalo. Desconhece-se a reacção da cantora italiana, mas toda a gente sabe que há dois erros que um homem não pode cometer com uma mulher: enganar-se no nome e dar-lhe as mesmas prendas que costumava oferecer às "ex".

Agora, foi a vez de se descobrir, via revista "Paris Match", que a referida jóia (um anel Dior "Coração Romântico", em ouro branco e diamantes) faz parte da colecção "A Namorada do Vampiro", da Dior. Custa cerca de 20 mil euros, foi criado por Victoire de Castellane, e traz a seguinte divisa: "Amor eterno entre um vampiro e uma menina."

Muito justamente, o redactor da "Paris Match" não perdoa: "Já sabíamos que o presidente Nicolas Sarkozy é de origem húngara, mas ignorávamos que ele também tivesse raízes na Transilvânia..."

Todos estes pequenos e divertidos episódios estão a alimentar as conversas em França. Uns defendem o presidente, dizendo que ele tem direito à sua privada, e outros opinam que Sarkozy "é um homem sem coração", frase atribuída pela jornalista Anna Buitton à ex-mulher do mediático político. 

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários