«Não gosto que as pessoas julguem quem não conhecem bem»

Caiu em graça há 25 anos, com o seu papel em «Pretty woman». Duas décadas e meio depois, a vida continua a sorrir-lhe. Em 2017, Julia Roberts foi considerada a mulher mais bonita do mundo.

Há 25 anos deliciou-nos em «Pretty woman - Um sonho de mulher». Agora, com 49 anos, a dona do sorriso mais emblemático do grande écrã, tem um dos maiores desafios da sua carreira. Como referiu à revista Allure, «é engraçado quando falamos sobre igualdade de género. Mais ainda quando falam sobre os papéis heróicos das mulheres com mais de 40 anos. Nunca ninguém fala sobre quais os melhores papéis para um ator [homem]!», sublinha.

No final de 2015, Julia Roberts protagonizou a adaptação do filme argentino «O segredo dos teus olhos», «Secret in their eyes» no original, ao lado de Nicole Kidman e Chiwetel Ejiofor. No thriller, a atriz faz de investigadora do FBI, cuja vida se destrona depois da morte de alguém que ama. É bom voltar a ver Julia Roberts no grande écrã, bem como nas páginas de revistas como imagem da nova versão Intense do perfume La Vie Est Belle de Lancôme.

«É um aroma muito intenso, mas igualmente arejado e fresco. É verdadeiramente viciante», descreve. Tal como o sorriso da atriz. Com o riso (e o sorriso) mais contagiante do grande écrã, a atriz revela-nos agora «O segredo dos teus olhos», o seu novo filme. E mais. Numa entrevista intimista, um exclusivo para a revista Saber Viver em Portugal, assume que detesta atrasos e que adora ver a série «Scandal», transmitida pelo canal FOX Life.

O que gosta mais de fazer no seu tempo livre?

Brincar com os meus filhos e marido. Gosto de passar tempo em família.

Para onde gosta de viajar quando precisa de arejar?

Para o Novo México [nos EUA]. Quando eu e o meu marido, Danny, namorávamos, viajámos imenso. Ele sente o mesmo que eu pelo Novo México, a quietude e o encantamento da natureza. É o melhor local para nós os cinco!

Tem algum prazer secreto?

Adoro ver a série «Scandal». Sabemos que é um guilty pleasure quando estamos a ver algo na televisão, alguém aparece e nós mudamos logo de canal.

O que é que mais a incomoda?

Tanta coisa. Não gosto quando as pessoas se atrasam. Também não gosto que as pessoas julguem quem não conhecem bem. Tornou-se um enorme problema cultural com os media sociais... Ouvi falar disto na rádio no outro dia. «Temos todo o direito à nossa opinião, mas não aos nossos próprios factos», disseram. É exatamente assim que me sinto sobre a forma como as pessoas se tratam. Podemos, sim, dizer algo como «Este não é o meu atleta favorito».

Tem algum livro favorito de momento?

Li alguns livros fantásticos com os meus filhos este ano. «Wonder», «Ophelia» e «The marvelous boy». Agora estou a ler «The goldfinch» de Donna Tartt. Devo ser a última pessoa no mundo a lê-lo! É sobre um rapaz adolescente e a história começa com ele a lembrar-se de um acontecimento. É simplesmente bem imaginado e com uma descrição única. É muito bom!

Veja na página seguinte: Os filmes e os cantores que Julia Roberts recomenda

Comentários