O hotel que foi o sonho de um rei

Foi um dos primeiros edifícios da capital espanhola que levou betão armado na estrutura. Hoje, mais de um século depois, The Westin Palace Madrid é uma das unidades hoteleiras mais luxuosas da cidade.

Apesar da grandiosidade e do ar imponente, o palácio que atualmente abriga o hotel The Westin Palace Madrid, em pleno centro da capital espanhola, foi projetado, construído e decorado em apenas 15 meses, entre 1911 e 1912, como atesta a placa de mármore colocada junto à entrada principal. «Este edifício surgiu como resposta à necessidade de dotar Madrid de hotéis da máxima categoria», pode também ler-se numa placa metálica.

«O projeto neobarroco de [Eduard] Ferrés ganhou o concurso promovido pelo Gabinete Técnico do Palace Hotel de Bruxelas. Léon Monnoyer e os engenheiros da empresa [de Georges] Marquet modernizaram o projeto e incluíram um jardim de verão e outro de inverno. Foi um dos primeiros edifícios de Madrid onde se utilizou betão armado na estrutura, apesar do exterior corresponder ao eclético gosto francês», refere ainda.

Localizado no número 7 da Plaza de las Cortes, no bairro de Las Letras, é hoje um dos melhores hotéis de cinco estrelas da cidade. Situado no Triângulo de Ouro da Arte, constituído pelo Museu do Prato, pelo Museu Thyssen-Bornemisza e pelo Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia, tem na localização privilegiada um dos seus grandes trunfos, mas está longe de ser o único. Veja a galeria de imagens deste hotel.

O hotel que chegou a ser o maior da Europa

Com 467 quartos espaçosos, incluindo 50 suites, o hotel The Westin Palace Madrid, que foi inicialmente construído após uma sugestão do próprio rei Alfonso XIII chegou a ser o maior hotel da Europa quando abriu em 1912. Além de usar betão armado, foi também uma das primeiras unidades hoteleiras dotadas de telefones, intercomunicadores e casas de banho privativas nos quartos. Em 1999, o edifício foi declarado Bien de Interés Cultural, bem imóvel de interesse cultural.

Adquirido pela empresa Starwood Hotels and Resorts Worldwide, mantém hoje, mais de um século depois, todo o seu glamour, apresentando-se como uma unidade hoteleira de referência. Na suite onde pernoitámos com uma sala arredondada com vista para a praça, maior que muitos apartamentos, um tapete floral branco, cinzento e castanho e uma decoração contemporânea com um móvel de inspiração retro marcam o cenário.

Na parede, uma instalação com folhas de árvores metálicas brancas e douradas também chama a atenção, enquanto nos dirigimos para o quarto, com uma imponente cama king size, um cadeirão e uma secretária oval, com um deck para iPhone. Se vai para descansar, recorra ao serviço de quartos e peça o Menu Dormir Bien. Desenvolvido pelos nutricionistas da empresa SuperFoodsRx, inclui pratos à base de triptofano, magnésio, potássio, ácido fólico, melatonina, tiamina e serotonina, indutores do sono.

Veja na página seguinte: O bar de hotel que também é um museu

Comentários