Os melhores restaurantes asiáticos

Propostas gastronómicas originais e cheias de sabor de norte a sul do país

Rica em texturas e sabores tão distintos, como as culturas de cada país que integram o continente asiático, a exótica gastronomia oriental há muito que conquistou as nossas papilas gustativas.

Depois do boom de restaurantes chineses e indianos nas décadas de 1990 e de 2000, os últimos anos foram, sobretudo, marcados pela abertura de inúmeros restaurantes japoneses, sobretudo nas maiores cidades do país.

Nos dias que correm, a oferta diversificou-se e, a japoneses, chineses e indianos e nepaleses, surgiram propostas turcas, malaias e vietnamitas. Junte-se a nós nos melhores restaurantes com travo a Ásia, ficando a conhecer as especialidades que deve (mesmo) provar em cada um deles. E não tenha medo de arriscar e saborear pratos com ingredientes muito diferentes daqueles a que está habituada no seu dia a dia. Vai gostar!

Sabores de Goa

Comer no restaurante Sabores de Goa é uma autêntica viagem a este exótico destino e aos seus sabores picantes. A ementa é muito variada mas há alguns pratos que tem de provar sem hesitar, como o xec xec de caranguejo (caranguejo com coco e especiarias) e o caril de galinha. Encontra este espaço na Rua do Zaire, em Lisboa.

Delícias do norte da Índia

A gastronomia do norte da Índia é o ex-líbris do Calcutá, um simpático restaurante situado na Rua do Norte, em Lisboa, também conhecido por ter na ementa alguns pratos de Goa. As chamuças de frango, o chicken tikka masala (frango grelhado no tandoor) e o chana masala (grão-de-bico em molho espesso com cebola, tomate e especiarias) são alguns dos pratos que tem de experimentar.

O melhor restaurante chinês do país

O Estoril Mandarim ostenta o título de melhor restaurante chinês do país e não é só fama, o seu pato à pequim é inesquecível. Ao jantar o ambiente é formal mas ao almoço é tudo mais descontraído e pode optar pelos dim sum (petiscos cozinhados a vapor ou fritos). Nos dias de sol e tendo em conta que este restaurante situa-se na Praça José Teodoro dos Santos, a esplanada com vista para o jardim dos Casino de Estoril é muito agradável.

O melhor restaurante chinês de Lisboa

O Grande Palácio Hong kong é, sem dúvida, o melhor restaurante chinês de Lisboa, que se situa na Rua Pascoal de Melo e na Rua Bernardo Lima, que agora também está no Porto, na Rua Gonçalo Cristóvão, E serve a verdadeira comida cantonesa. A lista de pratos é extensa, mas prove a salada de hainan, as vieiras com massa de feijão e a vaca com molho shasha.

Iguarias malaias

No Malaca Too, localizado na Rua Rodrigues Faria, no LxFactory, em Lisboa, pode provar pratos de vários países asiáticos mas a Malásia, de onde é natural a dona, está em destaque. Experimente, entre outros, o redang (carne de porco com molho de coco) e o otak otak (uma pasta de tamboril e camarão em folha de banana).

Paladares multi-asiáticos

O Umai já servia um dos melhores sushi de Lisboa mas, na nova morada (o Hotel Mercy no Chiado), a gastronomia de outras paragens do continente asiático, como a China, Índia, Tailândia, indonésia e Coreia, também está em destaque. Prove, por exemplo, a caldeirada de peixe cru e a goesinha (uma recriação da francesinha em pão naan com salsicha de salmão, queijo e caril). Encontra este espaço na Rua da Misericórdia, em Lisboa, a dois passos do Chiado e do Bairro Alto.

Delícias turcas

É um espaço pequeno e muito simples, na Avenida 24 de Julho, em Lisboa, mas a comida do Dervixe faz as honras da casa. Para entrada, peça o especial dervixe, um mix de várias iguarias e, para prato principal, recomendamos o iskender kebal (carne de vaca halal com molho de tomate e molho de iogurte). No final, peça um café turco e não perca a leitura das borras feita pelo dono do restaurante.

O japonês com pronuncia nortenha

O Japão sente-se logo na decoração mas o restaurante Góshò é muito mais do que os afamados sushi e sashimi, por isso, do menu destacamos a sakana no suimono (sopa de peixe, juliana de legumes e tempura de curgetes) e o teppan yaki (grelhados japoneses na chapa carne ou peixe). Encontra este espaço na Avenida da Boavista, no Porto.

Sushi bar japonês de Braga

No sushi bar Hocho, localizado na Rua do Forno, em Braga, o sashimi e sushi são reis, por isso, prová-los é obrigatório. Na ementa também há temakis, e pratos quentes como o buta no shogayaki (lombinhos de porco salteados com molho agridoce) e o yakisoba de frango (massa japonesa salteada com legumes).

O (outro) japonês com pronuncia nortenha

O teppanyak (grelhados na chapa que tem o mesmo nome) é um dos pratos mais requisitados no restaurante nipónico Teppan, mas sugerimos-lhe também o okonomiyak (crepe japonês), a sopa de miso e o sashimi. Encontra-o na Avenida da Boavista, no Porto.

Paladares indianos

No Real Indiana, vai sentir-se transportada para a Índia em qualquer um dos quatros restaurantes com este nome (em Lisba, Vilamoura, Gaia e Porto). A culpa é da decoração e da música de Bollywood. Para a sua refeição, opte pelo chicken badam pasanda (galinha com molho de natas, amêndoas e caju) e as lamb koft (almôndegas de borrego em molho de cenoura).

O tailandês sulista

No Thai, estamos numa casa tipicamente tailandesa a sul de Portugal (Vilamoura), como mostra a decoração e a ementa, da qual salta logo à vista o gaeng pnaeng (caril tailandês com carne e leite de coco) e o pla lad phitis (molho agridoce com peixe no wok). Tem um terraço magnífico ideal para as noites quentes algarvias.

O japonês da marina

O restaurante Takô está muito bem localizado na marina de Vilamoura e, além do sushi e sashimi, vale a pena provar a tempura yasai vegetariana (legumes diversos fritos em tempura) e o yakisoba (massa oriental com ovo salteadas com legumes e molho típico yakisoba).

Texto: Rita Caetano

artigo do parceiro:

Comentários