Muitas razões para visitar o Panamá

É um dos destinos que estão longe de figurar no topo de prioridades dos portugueses mas quem visita este país regressa completamente rendido. Saiba porquê!

A CNN elegeu o Panamá como um dos países a visitar em 2014 e motivos não faltam. A natureza exuberante, os séculos de história, as praias magníficas e um dos canais mais famosos do mundo que comemora este ano o seu centenário. Mas há mais... O Panamá tem areais fantásticos, florestas densas e luxuriantes, tribos indígenas que preservam as tradições, uma capital cosmopolita que não esconde o seu passado colonial e um património com o selo da UNESCO.

Localizado entre dois oceanos, o Atlântico e o Pacífico, deu nome ao canal que os une e cuja construção, há 100 anos, foi um marco no incremento do comércio internacional. Mas, se precisa de mais razões para o escolher como destino de férias, damos-lhe mais uma. A TAP tem, desde meados deste ano, um novo voo que liga Lisboa à Cidade do Panamá, o que facilita o acesso a este destino de descoberta.

A Cidade do Panamá divide-se em duas, a moderna e a colonial. A primeira é o centro financeiro do país e é dominada pelos hotéis de luxo, lojas de grandes marcas, empresas que habitam os vários arranha-céus que a caracterizam, entre os quais os famosos Ocean Two, Trump Ocean Club e La Torre Vitri. Percorrendo a Cinta Costera, uma zona conquistada ao mar junto à Baía do Panamá, onde é possível praticar todos os tipos de desportos, chega-se à segunda face da cidade a que nos traz à memória o passado colonial.

O Casco Antiguo, também conhecido como Panamá La Vieja, é o que sobra da primeira cidade espanhola da América Latina edificada no século XVI pelos espanhois. Apesar de ter sido saqueada e incendiada várias vezes, o conjunto arqueológico deixa ver as ruínas da catedral, sete conventos, hospital e a Torre do Panamá. A restante zona histórica data do século XVII e preserva a arquitetura dessa altura, da qual se destaca a Catedral Metropolitana de Santa Maria La Antigua.

Novas e velhas atrações turísticas

São também imperdíveis as igrejas de San Felipe Neru, San Francisco de Asís e San José, o Museu do Canal e o Teatro Nacional. É nesta zona que se encontram inúmeras lojas de artesanato, de joalharia, galerias de arte, restaurantes e bares e se pode sentir o vibrar da cidade. A grande novidade da Cidade do Panamá em 2014 é, no entanto, o Biomuseo.

Este espaço museológico mostra como surgiu o istmo do Panamá, que uniu dois continentes e separou o oceano em dois, Atlântico e Pacífico, mudando a biodiversidade do planeta. O edifício é da autoria do conceituado arquiteto norte-americano Frank Ghery e tem oito galerias para a exposição permanente, que combina arte e ciência, mas também espaços para mostras temporárias. É um museu interactivo e dele tem-se vista para a cidade.

Veja na página seguinte: Partir à descoberta de uma das maravilhas mundiais da engenharia

Comentários