Plantas que Curam - Dente de Leão

O seu chá é desintoxicante, sendo apropriado para uma “limpeza” do organismo, especialmente após um período de exageros alimentares, onde abusamos de substâncias não muito saudáveis ao organismo. Conheça este e outros benefícios do dente de leão

O Dente de leão serve para ajudar no tratamento de doenças hepáticas, problemas das vias biliares, hemorroidas, gota, reumatismo, problemas de pele, problemas renais e diabetes. As suas propriedades incluem sua ação anti-inflamatória, diurética e estimulante do apetite.

A planta chamada de dente de leão (taraxacum officinale) é considerada daninha por muitos, tamanha é a facilidade com que se dissemina, inclusive através de brincadeiras de crianças, que sopram as suas sementes ao vento, espalhando-as e ajudando a planta a germinar.

O seu chá é desintoxicante, sendo apropriado para uma “limpeza” do organismo, especialmente após um período de exageros alimentares, onde abusamos de substâncias não muito saudáveis ao organismo, como comidas e bebidas em excesso.

Assim, é lícito dizer que o fígado é o órgão mais beneficiado pelo dente de leão, pois este o ajuda a eliminar as toxinas do sangue e a desobstruir os canais biliares. Esses benefícios ao fígado são um dos principais motivos para a popularidade da planta a nível mundial, onde várias pesquisas confirmaram essa propriedade.

Esta planta é também um poderoso diurético, utilizando-se as suas folhas, as partes indicadas para esta finalidade, ação esta estudada e confirmada em muitas pesquisas recentes. Os diuréticos costumam provocar uma perda importante de potássio, e isso não acontece com o dente de leão, já que esta planta tem um altíssimo teor deste mineral na sua composição.

Além destas, o dente de leão possui ainda as seguintes indicações: Depurativo para todo o organismo, trata arteriosclerose, astenia, artrose, celulite, cálculos biliares, cistite, cirrose, constipações, colesterol, distúrbios menstruais, diabetes, fígado, hepatite, obesidade, gastrite, prisão de ventre (laxante leve), varizes e vesícula. Entre as diversas propriedades do dente de leão, as principais são, a variedade de vitaminas oferecidas por ele (entre elas: vitamina A, B6 e C).

Em caso de dermatites como furunculoses, abcessos, erisipela, urticária, psoríase, eczemas crónicos, pode ser utilizada interna ou externamente. A sua seiva leitosa serve para tratar verrugas e calosidades. É rico em minerais (sendo eles: cálcio, potássio, magnésio, cobre e ferro).

Algumas proteínas também são oferecidas, possui inulina e pectina. Estudos levados a cabo comprovaram que contém mais vitamina A do que a cenoura. Possui ainda tiamina. Uma chávena do seu chá tem a mesma quantidade de cálcio presente em meio copo de leite.

O chá de dente de leão ainda é considerado ótimo emagrecedor, devendo ser tomado até três vezes ao dia, já que, como diurético, não deve ter consumo exagerado.

A seguir, receitas com esta planta.

O que procura?

Comentários