18 a 24 de Julho de 2016

Ás de Espadas

“O que constitui o valor do homem não é a verdade, que qualquer pessoa pode possuir ou supõe possuir, mas o empenho sincero que o homem empregou para descobrir a verdade.” (Gotthold Lessing)

Cada pessoa apenas se interessa pela sua verdade, pelas suas ideias e opiniões, independentemente de estarem correctos. Qual é o mal de ouvir o que os outros têm para lhe dizer? Que resistências são essas a aprender mais, mesmo com os, aparentemente, menos sábios? Tem medo de descobrir que poderá não estar tão certo/a quanto pensa? É bom abrirmos os horizontes, conhecermos outros pontos de vista, aprendermos outras caminhos… e nunca se sabe de onde pode surgir tudo isso! Cingirmo-nos ao que apenas sabemos conduz-nos ao… nada, porque nós aprendemos uns com os outros.

Nos afectos o Tarot pede-lhe que seja menos distante e muito menos… medroso! É verdade, estou a chamar-lhe medricas, e senão é, prove-o a si próprio!
Alguma coisa precisa de ser esclarecida? Então não adie mais. Exponha as suas dúvidas, as suas vontades, os seus desejos e tudo aquilo que o/a poderá estar a inibir e a afastar da sua “metade”.

É possível que precise de algum tempo para si de forma a clarificar qual o próximo passo.

2016

Os Enamorados

Amar ou não amar, eis o mote deste ano.
Amar quem, o quê, como, até que ponto? Quando estas dúvidas o/a assombrarem, coloque as mãos sobre o seu coração e escute-o. Ele, por norma, fala baixinho e amorosamente, ao contrário da irrequieta mente. Faça silêncio e converse com ele.

Amar sempre, sim, mas talvez haja que aprender a fazê-lo de forma mais madura, mais justa para nós e para os amados. Qualquer relação requer entrega de ambas as partas. Ambos têm de se dar, de nutrir e têm também que saber receber na mesma medida.

Sendo, Os Enamorados, o Arcano da emancipação, quer ele dizer aos filhos de Júpiter que terão de se libertar daquilo que os tem aprisiona. Está a ver o grito do Ipiranga? É isso! O que é que o/a torna inferior ao que é a sua essência? O que lhe tira o brilho? Após fazer este exame de consciência, é tempo de avançar para… Si. É tempo de se encontrar consigo, com a sua alma, com as suas verdades, sonhos, ambições e missão. É tão importante discernir esta última: Qual é a minha missão? O que me trouxe à Terra? Também podemos investigar o que já aprendemos e melhorámos em nós. Afinal, aperfeiçoarmo-nos é o nosso principal objectivo de vida, verdade?

Também, este ano, as escolhas serão colocadas em cima da mesa, serão até fundamentais. Estas podem acontecer a vários níveis de vida. Seja na área profissional ou pessoal, escolha com o coração; sinta qual dos caminhos lhe daria mais prazer, mais conforto, é esse o Caminho.

Saiba qual é o seu signo ascendente

por Paulo Cardoso

Conheça o signo que está posicionado na linha do horizonte no momento do seu nascimento e que influencia a sua individualidade.

Compatibilidade amorosa

por Paulo Cardoso

É compatível com o seu parceiro? Descubra já!