5 a 11 de Dezembro de 2016

10 de Ouros

Uma mensagem de segurança é o que esta carta lhe traz. O 10 de Ouros de segurança e momentos de satisfação, pois parece que a conclusão de algum projecto ao qual dedicou muito tempo e alma, poderá estar para breve. Uma boa recompensa financeira também poderá estar a caminho. Então já que tudo parece estar bem encaminhado no trabalho, será que não consegue aproveitar o feriado e fugir com a sua família para longe? É bem possível que estejam a precisar de “quality time”, depois de tanta dedicação ao trabalho.

Por outro lado, esta carta traz-lhe uma oportunidade de ouro para melhorar a sua existência não só no aspecto material, mas também emocional e/ou espiritual. Esteja disponível para receber a prenda que vem aí directamente do Olimpo. Abra os braços e o coração e continue a acreditar que merece mais, que merece o melhor! Acredite e batalhe, claro. Não deixe o destino completamente solto, temos que lhe dar uma mãozinha e se possível conduzi-lo até onde queremos, afinal querer é poder! Quando finalmente nos apercebermos desta realidade, seremos imbatíveis, incansáveis e verdadeiramente poderosos. É pena que só os “maus” tenham noção desta realidade que, de facto, nas mãos erradas, é perigosa.

2016

O Dependurado

O ano novo dos Carneirinhos tende a ser de mudanças principalmente internas. Assim que conseguir mudar algumas das suas crenças limitadoras (e bloqueadoras), a sua vida muda… para melhor.
Procure os seus processos de auto-sabotagem que podem ter origem na infância ou mais tarde. Vasculhe as suas memórias: Quando começou a autocrítica feroz? A insegurança? E o pessimismo/descrença? Onde escondeu a sua alegria? Ela está aí latente, como a vai despertar?
Durante este novo ciclo de 12 meses, não espere vitórias caídas do céu; as vitórias têm mesmo que ser conquistadas por si. Toda a sua hierarquia angelical ajudará, com certeza, mas o primeiro passo tem de ser dado por si. O impulso é seu. Para onde quer que a sua vida se dirija, para a luz ou para o ‘mais-do-mesmo’?

O Dependurado vem também ensinar, aos filhos de Marte, que há uma enorme diferença entre impotência e apatia. Há que aprender a distinguir as situações que não podemos alterar e por isso, devemos com inteligência e paciência contorná-las, suavizá-las; e há as circunstâncias que podemos e devemos mudar, tornando-as positivas com confiança e determinação. A fé no meio disto tudo é essencial; fé em algo superior e fé em nós! Muita fé em nós e nos nossos talentos e aptidões.
‘A cada instante há que sacrificar o que somos ao que podemos vir a ser.’ (Charles du Bos)

Saiba qual é o seu signo ascendente

por Paulo Cardoso

Conheça o signo que está posicionado na linha do horizonte no momento do seu nascimento e que influencia a sua individualidade.

Compatibilidade amorosa

por Paulo Cardoso

É compatível com o seu parceiro? Descubra já!