O significado da Páscoa

O que podemos fazer verdadeiramente para aproveitar este momento de transformação e iniciar em nossas vidas uma nova fase de renovação?

A Páscoa, juntamente com o Natal, é uma das mais importantes datas para os cristãos, pois traz em sua simbologia todo o caminho do Cristo Jesus, desde Sua condenação até a Sua ressurreição e ascensão ao céu. Já para os judeus, a Páscoa tem um sentido diferente, pois é comemorada como um dia de liberdade, pois sua simbologia está relacionada com o fim da escravidão do povo judeu no Egito. A palavra Páscoa é de origem hebraica (Pesach) e quer dizer passagem. Seu significado judaico não foge muito do significado cristão, já que a morte, seguida da ressurreição, e em seguida, da ascensão, não deixa de ser uma passagem.

Todos nós precisamos entender que, além do grande prazer que sentimos em reunir a família e comer muito chocolate, os dias que antecedem a Páscoa podem e devem ser dias de introspecção, reflexão e rituais que elevem nosso espírito. Esses dias representam a nossa passagem da vida mundana até a morte de nosso pequeno ego, quando caminhamos nus em direcção à ressurreição e a um estado de consciência mais elevado, com o triunfo do espírito sobre a matéria.

Antigamente, algumas civilizações pagãs, nessa época do ano, saudavam e comemoravam a vida e a alegria de viver. Muitos rituais de fertilidade eram feitos em comemoração ao inicio da primavera, estação que trazia em si o símbolo da liberação por meio de novas colheitas. Para os pagãos, o ovo era o símbolo da fonte da vida e o coelho o da multiplicação da espécie, ambos indicando renovação e esperança. Como vocês podem perceber, seja qual for o povo que comemora, há uma simbologia essencial que representa a renovação da vida e a esperança e ressurreição do espírito.

Mas o que podemos fazer verdadeiramente para aproveitar este momento de transformação e iniciar em nossas vidas uma nova fase de renovação?

1. Não podemos nos esquecer que este é um óptimo momento para despertarmos o poder de nossa vontade através do esforço, da meditação e do poder mental e emocional que todos possuímos.
2. Trabalhar e estudar em direcção ao auto-conhecimento, para o equilíbrio e mudança de atitudes, hábitos e renovação de sentimentos.
É claro que é mais fácil falar de mudanças do que fazê-las efectivamente. Mas nada é impossível aos olhos de Deus. Somos Seus filhos e por isso trazemos dentro de nós a chispa da criação. Podemos, através de nossa força interior, mover montanhas dentro e fora de nós. Aprender o desapego, o desprendimento, a boa conduta e o amor está ao alcance de todos nós, e pode ser um bom começo.

Que esta Páscoa seja um momento de ressurreição de tudo o que há de melhor em cada um de nós e que o Cristo Jesus esteja presente no coração de todos. Luz, Sabedoria e Amor para todos! Feliz Páscoa!

Eunice Ferrari

www.euniceferrari.net
E-mail: eunice.ferrari@sapo.pt

O que procura?

Comentários