O que faço ao "lixo" que os outros me enviam?

Sou livre de rejeitar o que sinto como tóxico ou dissonante da minha própria energia.

Tenho duas opções: Recebê-lo ou rejeitá-lo. A segunda opção é sempre mais simples, aparentemente, porque estando no meu poder, em amor por mim, sou livre de rejeitar o que sinto como tóxico ou dissonante da minha própria energia.

Apercebo-me que aquilo que o outro disse ou fez, não é senão a energia em que ele próprio se encontra mergulhado. Como me disse um dia um mestre: 'Cada um dá o que tem'. Quer dizer, cada um vibra na sua própria condição, portanto não pode, não tem condição para dar mais ou menos ou diferente daquilo que é a sua própria vibração.
Portanto, se aquela energia vem vibrando em determinada condição que é dissonante da minha, eu posso (tenho poder para isso, tenho respeito suficiente por mim para o fazer) simplesmente rejeitar essa energia, isto é, não vibrar com ela e desse modo ela não me poderá afectar.

Em contrapartida, posso querer recebê-la, mas não para me intoxicar, antes para me elevar, para me conhecer mais e melhor, para me desafiar, para ir mais longe, para sentir o que acontece quando se abraça a dor do outro. (Aquele que dispara a energia sem pensar ou propositadamente está apenas a expressar a sua dor, não tendo disso muitas vezes consciência, claro está!)

Assim, quando eu abraço a sua dor, não fico a conhecê-lo melhor, nem fico com a sua dor, fico apenas mais rica, pois agora sei o que sinto, como fico diante daquela dor e apercebo-me de coisas que antes não poderia, pois rejeitando automaticamente aquela energia, não criava a condição para poder sentir as reacções no meu próprio corpo físico, as emoções desencadeadas, os pensamentos que imediatamente afloram à mente, etc.

Abraçar a dor, o tóxico pode não ser tão mau como se pensa. Porém, cuidado, nem todos estarão preparados para o fazer. Se não tiveres criado a condição para receber o impacto do outro, não o faças, pois poderás ficar envenenado com a dor impregnada nas suas palavras ou actos.

Portanto, da próxima vez que receberes uma qualquer energia sob a forma de lixo, respira e reflecte um pouco e depois decide se queres receber ou rejeitar esse presente.

Eva Veigas
Cursos e Consultas presenciais e online
Numerologia
Tarot
Tarot Karmico

Oráculo do Ganso
Terapia Reiki

Tlm.: (+351) 91 960 84 56 (+351) 91 960 84 56
Site: www.numerologiaetarot.com
Blog: http://evaeleven.blogs.sapo.pt
Blog: http://blogdotarot.blogs.sapo.pt

artigo do parceiro:

O que procura?

Comentários