Ela descobriu a fórmula matemática mágica para o "felizes para sempre"

E se lhe contassemos que há uma fórmula matemática mágica para encontrar o tão desejado "felizes para sempre"?

Quem diz que nunca pensou encontrar o amor da sua vida está, provavelmente, mentir. O certo é que, encontrá-lo é por vezes complicado mas Hannah Fry, matemática no Center for Advanced Spatial Analysis, encontrou a fórmula mágica para tornar realidade o sonho de muitos de nós. Vamos conhecer qual é?

Inspirada no trabalho do psicólogo John Gottman, que realizou vários e profundos estudos a uma série de casais, tendo em conta aspectos como expressões faciais, pressão articial, ritmos cardíacos, entre outros, Hannah Fry lançou este ano o livro “The Mathematics of love”.

Neste estudo realizado pelo psicólogo, conclui-se que o stress que aparece nas relações saudáveis, – clássicos como crises dos dois anos, dos cinco, etc – não aparecem pela relação em si mas devido a factores externos à mesma, tais como: economia familiar e factores laborais ou familiares. Pelo contrário, nas relações menos saudáveis o stress aparece pela relação em si. o o mau comportamento das duas pessoas torna-se algo comum e o raro é estar “bem”.

Com estas conclusões, a Hannah, foi capaz de criar a seguinte fórmula:

ELA DESCOBRIU A FÓRMULA MATEMÁTICA MÁGICA PARA O FELIZES PARA SEMPRE

Traduzindo:

- Existem duas linhas principais: a de cima representa a mulher e a de baixo representa o homem.

- Com três vertentes para cada um:

* Disposição geral do sujeito (W)

* Disposição do sujeito quando está com o seu parceito (rwWt)

* Nível de influência das acções do seu parceiro na disposição do sujeito (IHW)

Resolvemos a fórmula?

Quando os dois se influenciam de forma positiva (são ambos positivos e as suas acções influenciam positivamente a disposição do outro) então, inevitávelmente, esta relação está destinada a funcionar e o felizes para sempre está como garantido!

Se pelo contrário, todos estes factores são negativos, ou algum deles sequer, então as probabilidades do “felizes para sempre” diminui consideravelmente!

Mas a boa notícia é: a atitude é tudo e a felicidade está ao nosso alcance! Só de nós, cada um dos sujeitos da relação, depende que esta funcione e resulte num amor eterno! A matemática nunca mente!

artigo do parceiro:

Comentários