Matilde de Sousa Franco

Biografia de uma historiadora
Nasceu em Lisboa no ano de 1943. Licenciada em História pela FLUL e doutoranda em História da Arte, especializou-se mais tarde como conservadora de Museus.



É sócia da Academia Portuguesa da História, sócia da Academia Nacional de Belas-Artes e membro da Sociedade Científica da Universidade Católica Portuguesa.

Tem um vasto currículo académico, onde se destaca, entre outras funções, a de regente da cadeira de História de Arte da Universidade Católica Portuguesa. Foi conservadora do Palácio do Correio-Mor, em Loures, e dos Museus Municipais de Lisboa. Entre 1980 e 1984 assumiu o cargo de diretora do Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra.


Em 2005, a independente Matilde de Sousa Franco (viúva do ex-Ministro das Finanças António Sousa Franco) foi eleita cabeça-de-lista do PS por Coimbra, tendo cumprido o mandato como deputada na Assembleia da República.


Mulher de convicções e católica assumida, sofreu muitas pressões e represálias no Parlamento, por ter votado contra algumas propostas e medidas no primeiro Governo de José Sócrates. Mas resistiu até ao fim, tendo-se também distinguido pela sua assiduidade a 100% nesses quatro anos como deputada! Experiência que não voltou a repetir.

Comentários