Entreajuda e Cáritas lançam projeto de solidariedade

A ENTRAJUDA e a Cáritas Portuguesa apresentam a plataforma Dar e Receber.pt, um site que pretende estabelecer a ligação entre quem tem alguma coisa para dar, seja tempo ou bens, e quem precisa de receber.

A plataforma Dar e Receber.pt resulta de uma candidatura ao Programa Operacional para o Potencial Humano (POPH) para cinco dioceses piloto (Braga, Vila Real, Viseu, Setúbal e Évora) e vai agregar online duas respostas oferecidas pela ENTRAJUDA: a Bolsa do Voluntariado, um portal destinado à procura e oferta de voluntariado, nomeadamente qualificado e empresarial, e o Banco de Bens e de Equipamentos, destinado a fazer chegar às instituições produtos não alimentares, doados por empresas e particulares.

Qualquer particular, empresa ou entidade pode doar bens ou tempo a Instituições Sociais que expressam na plataforma a necessidade de os receber, para utilização própria ou distribuição a famílias carenciadas que apoiam. A pesquisa no site pode ser feita por freguesia ou tipo de resposta social, de forma a permitir o encontro entre quem oferece e quem procura.

Segundo Isabel Jonet, presidente da ENTRAJUDA, “este projeto vai permitir uma maior aproximação entre quem tem disponibilidade para doar, seja bens ou o seu tempo e talentos, e quem necessita de receber. O objetivo é ajudar a eliminar o desperdício e a sobreposição de iniciativas, apoiando os mais necessitados, incentivando uma participação da sociedade civil num projecto de solidariedade com recurso a uma plataforma informática e ao facebook, assim tirando partido no sector social das novas tecnologias que permitem a criação de redes e aproximam pessoas. O leque de pessoas que terão no Dar e Receber.pt um importante suporte é muito amplo e pretende-se que, dentro do possível, todos os que precisam de ser ajudados tenham nesta plataforma uma solução prática e útil. Para isso, contamos com o contributo da sociedade civil. A apresentação acontece, simbolicamente no dia em que se celebram os 10 anos da constituição da ENTRAJUDA”.

Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas Portuguesa considera que “com a crescente facilidade do acesso à internet, faz todo o sentido reunir-se os projetos já existentes numa plataforma como esta. Pretende-se que o Dar e Receber.pt seja participado por todos, de fácil acesso, que disponibilize a oferta e procura de voluntários, de produtos e recursos, e a busca de respostas sociais, em cada freguesia/paróquia, tornando mais eficiente e organizado o trabalho dos grupos informais. A Cáritas tem um papel muito importante na intervenção direta nas comunidades e com as franjas mais excluídas da população, o que traz a este projeto um relevante valor acrescentado”.

A parceria ENTRAJUDA e Cáritas Portuguesa vem congregar, num projeto que pretende envolver a sociedade civil em iniciativas de cidadania e responsabilidade social, duas entidades com atuações complementares.

Por um lado, a ENTRAJUDA, com experiência no apoio a instituições sociais, no voluntariado e na distribuição de bens e, por outro, a Cáritas com uma capilaridade nacional e experiência na intervenção direta junto das comunidades.

A ENTRAJUDA será responsável por todo o desenvolvimento informático do projeto, o apoio à divulgação nacional e local e a criação de condições para a abertura de armazéns no Norte e no Sul, caso venham a ser necessários.

À Cáritas cabe o levantamento das respostas já existentes em cada uma destas cinco Dioceses (Cáritas Diocesanas, Conferências de S. Vicente de Paulo, IPSS, Misericórdias, Juntas de Freguesia ou outros grupos informais). Em conjunto, será dada formação na utilização da plataforma e serão mobilizadas todas as entidades e instituições locais para a sua utilização eficaz.

Mais do que um site na internet, trata-se de uma oportunidade para as pessoas e organizações que apoiam os mais necessitados de verem potenciado o trabalho que desenvolvem.

Comentários