Pode livrar-se das dívidas com o crédito consolidado

O crédito consolidado é uma opção que poderá ajudá-lo a poupar muito dinheiro e aliviar algum sufoco financeiro que poderá estar a sentir no caso de estar a pagar as prestações mensais de vários créditos.

Para além de lhe permitir uma poupança até 60%, o crédito consolidado faz com que deixe de pagar várias prestações com créditos para ficar a pagar apenas uma prestação mensal, significativamente mais baixa. Mas será que pode livrar-se das dívidas com o crédito consolidado?

Quando pedir crédito consolidado

O crédito consolidado tem várias finalidades e é um produto financeiro extremamente versátil que poderá fazer toda a diferença em diferentes casos, por exemplo:

  1. Se contraiu vários créditos e paga um total de mensalidades elevado;
  2. Se precisa de crédito adicional devido a uma situação excepcional (doença, divórcio, etc.);
  3. Se quer simplificar e pagar apenas uma prestação em vez de várias.
Como eliminar dívidas com recurso à consolidação de créditos

Como já mencionámos mais acima, ao fazer um crédito consolidado, passará a pagar uma mensalidade única por todos os seus créditos, o que resultará numa folga financeira que poderá aproveitar para reforçar as suas poupanças ou colocar algum dinheiro de parte para fazer uma amortização antecipada do seu crédito consolidado. Assim reduzirá o número de prestações  e consequentemente o total de juros pagos ao longo do crédito.

Este método é a chave para uma gestão inteligente do seu crédito consolidado. Quando o Doutor Finanças consegue um financiamento para uma consolidação dos créditos de um cliente, procura que o titular (o cliente) canalize o valor poupado com o objetivo de vir a liquidar antecipadamente esse crédito, de forma a conseguir pagá-lo antes do tempo e com um custo mais reduzido.

Cuidados a ter ao pedir um crédito consolidado

O crédito consolidado, quando mal utilizado, pode ser uma péssima ferramenta financeira, aliás, como qualquer crédito. Porém, se seguir o nosso conselho e utilizar a folga financeira possibilitada pela consolidação dos créditos para constituir uma conta poupança ou um depósito a prazo e, quando oportuno, fazer uma amortização antecipada (várias instituições financeiras não cobram comissão) estará a fazer um excelente uso desta ferramenta.

Antes de submeter um possível pedido de crédito consolidado, tenha em conta ainda estes conselhos rápidos:

  1. Juros: assegure que os juros do crédito consolidado são inferiores à média dos juros dos seus créditos actuais;
  2. Amortize sempre que puder: apesar dos juros mais baixos, um crédito consolidado tem, tipicamente, um prazo maior. Logo deve aproveitar parte da poupança mensal para ir amortizando o crédito de forma a pagar menos juros no final;
  3. Escolha bem: consolide os créditos numa entidade credível que zele pelos seus interesses e assegure as melhores condições para o seu caso.
A amortização pode resultar em grandes poupanças!

Se em vez de pagar as prestações por 120 meses, conseguir liquidar, por exemplo, ao final de 60 meses ver-se-à livre dos seus créditos em apenas 5 anos e com um custo mais reduzido. Esta é uma ginástica financeira que a equipa do Doutor Finanças tem posto em prática para  ajudar muito portugueses a ter elevadas poupanças!

O crédito consolidado pode ser um importante aliado para o seu sucesso financeiro. Por que não tentar?

artigo do parceiro:

Comentários