O que deve saber antes de ir a uma entrevista de emprego

Conheça algumas dicas que o ajudam a convencer o entrevistador de que é a pessoa certa para o lugar.

Apesar de a taxa de desemprego em Portugal estar a diminuir, o valor ainda é preocupante: são cerca de 736 mil as pessoas que continuam sem emprego, segundo dados do Eurostat relativos ao mês de maio. Correspondendo a uma percentagem de 14,3% do total da população apta para trabalhar, o desemprego ainda é um problema para muitas pessoas que não conseguem garantir um emprego. Pior ainda é a situação dos jovens: cerca de 34,8% está sem trabalho.

Ser chamado para uma entrevista de emprego pode ser um motivo de alegria por ver o seu currículo reconhecido. Mas muitas vezes o problema está em garantir a posição a que se candidatou. Se está prestes a ir a uma entrevista de emprego saiba como pode convencer o possível empregador que é pessoa certa para a posição a que se candidatou.

1. Prepare o seu currículo
A melhor forma de ser chamado para uma entrevista de emprego é apostar num currículo que se distinga dos outros candidatos. Seja pela originalidade ou pela experiência profissional, é imperativo que não cometa erros na elaboração do seu currículo. Pode optar por apresentá-lo em formato de papel, infografia, vídeo ou até criar uma página na internet. Mas saiba que deve constar no seu currículo a sua experiência profissional, os dados biográficos, o percurso académico e os seus talentos. Tudo isto irá torná-lo numa mais-valia para a empresa e, por isso deve ser bem destacado no seu currículo. Tenha em atenção aos erros ortográficos e a forma como transmite a mensagem. Algumas empresas, além do currículo, fazem questão de pedir uma carta de apresentação. Esta ferramenta serve para complementar o seu currículo e nela devem constar informações suplementares como os seus interesses profissionais e informações que destaquem o seu valor. Lembre-se que a carta de apresentação não precisa de muita informação sobre o seu percurso profissional porque isso já deve estar incluído no seu currículo. É também importante que na sua carta de apresentação transmita espírito de iniciativa e dedicação e que ela esteja personalizada consoante o cargo a que se candidata. Para saber o que deve constar no seu currículo e quais as tendências neste campo para este ano, leia o artigo “Saiba como ter um currículo vencedor em 2014” 

2. Respondeu ao anúncio de emprego certo?
Enviar currículos para todas as ofertas de emprego que encontra nem sempre é a solução para garantir uma entrevista de emprego. Para ter mais hipóteses é preferível que analise com cuidado o anúncio de emprego e tenha em conta os requisitos pedidos. Verifique quais são as palavras-chave do anúncio e coloque-as no seu currículo. Por exemplo, se a empresa necessita de alguém que fale fluentemente alemão especifique onde aprendeu a língua e durante quantos anos teve formação nesse idioma. Tenha também em atenção o local onde foi colocado o anúncio. Apesar de muitas empresas recorrerem a agências de recrutamento para contratarem funcionários especializados, outras preferem contactar diretamente as universidades quando existe uma necessidade de 'trainees'. Assim sendo, o local do anúncio também é uma condicionante para saber se o empregador está a necessitar de um empregado com experiência e mais qualificado para determinado trabalho ou se pretende apostar num recém-licenciado. Para saber como pode descodificar a informação presente num anúncio de emprego, leia o artigo “Como descodificar um anúncio de emprego?”  

3. Vá bem preparado
Se foi chamado para uma entrevista de emprego é importante que antes de tudo faça uma pesquisa sobre a empresa. Alguns empregadores tentam saber qual o interesse de um candidato questionando-o sobre a importância da empresa no setor em que se enquadra. Prepare um discurso em casa onde é essencial que inclua frases que promovam as suas habilitações e conhecimentos e o que ganharia a empresa em contratá-lo. Lembre-se que bastam três minutos para alguém formar uma opinião sobre si, por isso é essencial que consiga manter um discurso fluido e que passe uma boa imagem. Isto porque as empresas já estão habituadas a avaliar a postura, a forma como cumprimenta, como se senta e a forma como fala. No seu discurso deve também transmitir otimismo, vontade de trabalhar e acima de tudo humildade. Saiba como pode brilhar num entrevista de emprego, utilizando o 'pitching'.  

4. Saiba como responder às questões do empregador
Nem todas as entrevistas de emprego são iguais, mas existem algumas perguntas comuns que podem ajudá-lo na construção do seu discurso e a preparar as repostas às questões. Algumas perguntas como “Pode falar um pouco sobre si?” servem para o colocar mais à vontade. No entanto, é imprescindível que comente quais os principais pontos do seu percurso profissional. É também aconselhável que tenha cuidado quando tiver que responder à pergunta “Quais os seus pontos fracos?”. Isto porque pode ser demasiado negativo e denegrir a sua imagem perante o recrutador. Assim sendo, é aconselhável que prefira referir uma capacidade positiva e exagerá-la. Por exemplo, pode optar por dizer “O meu nível de exigência comigo mesmo é bastante elevado, o que leva a que trabalhe com muita minúcia naquilo que faço”. Se quer conhecer as respostas às questões mais comuns das entrevista de emprego, leia este artigo.  

5. Cuidado com a sua apresentação
Parece um conselho óbvio, mas nunca é demais relembrar a importância de ir vestido consoante os valores da empresa para a sua entrevista de emprego. É imperativo que prepare a sua roupa com alguma antecedência e confirme com o recrutador se existe algum código de vestuário na empresa. Desta forma será mais fácil saber se terá que optar uma roupa formal ou informal. Até porque muitas vezes, a forma como os funcionários de uma empresa se vestem reflete o espírito da empresa e se errar na sua apresentação isso poderá ser um sinal de que não se enquadra no local de trabalho.

Leia também os seguintes artigos relacionados com o mesmo tema:
- Simulador: Saiba se tem ou não direito ao subsídio de desemprego  
- Dez empregos de verão para jovens  
- Conheça o novo apoio para desempregados sem subsídio 
- Como ser promovido em nove passos 

artigo do parceiro:

Comentários