Empregado ou empreendedor?

Saiba qual é o seu perfil de trabalho e se a sua aposta deve ser trabalhar por conta própria ou por conta de outrem.

Os motivos podem ser vários e alguns até fazem despoletar oportunidades. Por exemplo, momentos de crise são motores de grandes decisões profissionais, ou seja, ou passa a valorizar mais (ou ainda mais) a empresa para a qual trabalha ou pondera se está na altura de abrir o seu próprio negócio.

O empreendedorismo cresceu nos últimos anos, muito devido ao desemprego sentido, mas nem sempre o mesmo se reflete em sucesso, uma vez que muitos dos novos empreendedores não estão preparados para o desafio de manter um negócio. Nem sempre tem a ver com qualificações. E ninguém é menos profissional só porque não é bom gestor. Simplesmente há pessoas com mais aptidão para umas coisas do que outras, tais como: agilidade na tomada de decisão, sangue frio para assumir determinados riscos, tempo e quantia que deverá investir, entre outros. E você? Onde se enquadra?

Empreendedor
- Procura de conhecimento e informação acerca do assunto, ou seja, mesmo que sejam especialistas em determinada área, procuram desenvolver habilidades mais específicas ou então, procuram cursos de formação ou consultoria para aprenderem sobre algo para assim melhor controlarem o negócio;
- Manter um raciocínio lógico na altura do planeamento financeiro, isto é, controlar a ansiedade quando o saldo permanece negativo, quando a média recebida por mês não for a mesma e saber que é necessário ter sempre uma reserva. Em suma, ter noção que é preciso poupar e investir de tempos a tempos para o negócio crescer e não gastar o que quer só porque a empresa é sua;
- Identificar novas oportunidades não estando restrito exclusivamente à área de negócio onde opera;
- Pensar e delinear estrategicamente, isto é, não basta criar e fundar um negócio. É importante estar atento a mudanças de mercado, a fazer previsões, etc... a rota do negócio deve ser sempre acompanhada e adequada;
Perseverança, uma vez que é uma aposta em algo que lhe vai tirar muito tempo e, muitas vezes, qualidade de vida.

Empregado
- Permitir trabalhar em equipa;
- Oportunidade de fazer networking, ou seja, além de poder solidificar a sua reputação, a médio/ longo prazo pode oferecer oportunidades noutras empresas;
- Controlar o meio onde está inserido, isto é, há pessoas que preferem algo mais organizado e planeado e por norma nas empresas as coisas tendem a acontecer de forma mais sistemática;
- Defender o negócio: abraçam os desafios, por vezes assumindo alguma autonomia para que o negócio avance;
- Adequar às necessidades da empresa;
- Pensar grande, ou seja, muitas das vezes só há oportunidade de alcançar ou trabalhar projetos ambiciosos com o suporte de uma grande instituição.

artigo do parceiro:

Comentários