Conheça as 10 mulheres mais ricas do mundo

Fique a conhecer as maiores fortunas femininas e deixe-se inspirar pelas suas histórias.

Quem é a mulher mais rica do mundo em 2014? A revista americana Forbes divulgou a lista dos mais abastados. Fique a conhecer as maiores fortunas femininas e deixe-se inspirar pelas suas histórias.

Se aspira o estatuto de milionário, leia o texto Como chegar a milionário seguindo as dicas dos gurus" e Seis dicas de poupança de milionários frugais".

1. Christy Walton
Fortuna: 36,7 mil milhões de dólares (26,5 mil milhões de euros)
Idade: 59
Fonte de riqueza: Wal-Mart
Aos 59 anos, é a primeira mulher mais rica do mundo, de acordo com a revista Forbes. Christy Walton é nora do fundador da Wal-Mart, maior cadeia de retalho do mundo, e herdou a sua fortuna após a morte do marido, John Walton num acidente de avião em 2005. A sua riqueza advém também de uma participação que o seu marido tinha na First Solar, fabricante de painéis solares, que elevou a sua fortuna em relação à da sua família. Para ter uma noção, em 2013 Christy Walton recebeu mais de 253 milhões de euros em dividendos depois de impostos.

2. Liliane Bettencourt
Fortuna: 34,5 mil milhões de dólares (24,9 mil milhões de euros)
Idade: 91
Fonte de riqueza: L'Oreal
Com 91 anos, Liliane Bettencourt é a segunda mulher mais rica do mundo. Juntamente com a sua família têm mais de 30% da L’Oreal, que o seu pai fundou. Em 2011, a mulher mais rica do mundo ficou com a sua fortuna sob alçada da sua filha, Francoise Bettencourt-Meyers, seguindo-se três anos de uma batalha muito pública. A viúva, que sofre de demência, foi substituída no conselho da empresa pelo seu neto Jean-Victor Meyers em Fevereiro de 2012.

3. Alice Walton
Fortuna: 34,3 mil milhões de dólares (24,8 mil milhões de euros)
Idade: 64
Fonte de riqueza: Wal-Mart
Mais uma herdeira do império Wal-Mart. Até ao momento, a sua maior obra foi a construção do Crystal Bridges Museum of American Art, focado em arte contemporânea. A herdeira decidiu não se envolver nos negócios da família desde a morte de seu pai em 1992. Tornou-se numa das maiores filantropas dos Estados Unidos: só em 2012 doou mais de dois milhões de dólares para uma iniciativa de escolas de caridade.

4. Jacqueline Mars
Fortuna: 20 mil milhões de dólares (14,4 mil milhões de euros)
Idade: 74
Fonte de riqueza: Doces
Jacqueline Mars e os seus dois irmãos, John e Forrest Jr., têm a maior empresa de doces do mundo, com vendas avaliadas em 33 mil milhões de dólares: a Mars Inc, detentora de marcas como os M&M e o chocolate Snickers. Os três estão no conselho de administração mas não têm responsabilidade nas operações do dia-a-dia. A empresa foi fundada em 1911 pelo avô, Frank Mars, e em 1929 o seu pai Forrest Mars entrou na empresa.

5. Georgina Rinehart
Fortuna: 17,7 mil milhões de dólares (12,8 mil milhões de euros)
Idade: 60
Fonte de riqueza: Exploração mineira
Mais conhecida como Gina Rinehart é a maior contribuinte privada da Austrália. Gina herdou o património do seu pai, Lang Hancock, um magnata da exploração de ferro, que morreu em 1992, deixando como herança um património avaliado em 50 milhões de dólares. Em duas décadas, Gina Rinehart fez esta fortuna ampliar 400 vezes. A empresa investe atualmente na mina Roy Hill, com reservas estimadas em 2,5 bilhões de toneladas.

6. Susanne Klatten
Fortuna: 17,4 mil milhões de dólares (12,6 mil milhões de euros)
Idade: 51
Fonte de riqueza: BMW, farmacêuticas
Tornou-se na mulher mais rica da Alemanha, após ter herdado 12,6% de ações da BMW do seu pai, Herbert Quandt, que salvou a empresa da bancarrota décadas antes. Susanne klatten também controla a Altana, empresa química e farmacêutica alemã, e detém participações na Nordex AG, empresa de equipamento de energia eólica, entre outros. Klatten mantém a sua vida pessoal privada, quase nunca é entrevistada, nem vista em público. Este desejo por privacidade é muitas vezes atribuído a uma tentativa de sequestro que sofreu aos 16 anos.

7. Abigail Johnson
Fortuna: 17,3 mil milhões de dólares (12,5 mil milhões de euros)
Idade: 51
Fonte de riqueza: Gestão
Abigail Johnson é presidente da Fidelity Investments Personal and Workplace Investing. A Fidelity foi fundada por seu avô, Edward C. Johnson II e seu pai Edward C. (Ned) Johnson III é seu atual CEO. Em março de 2013 a família Johnson tinha uma participação de 49% da empresa e Abigail possui cerca de 24% das ações da empresa.

8. Anne Cox Chambers
Fortuna: 15,5 mil milhões de dólares (11,2 mil milhões de euros)
Idade: 64
Fonte de riqueza: Media
Anne Cox Chambers é a acionista maioritária do grupo de media Cox Enterprises, fundado pelo seu pai, James M. Cox em 1898. A empresa tem receitas de mais de 15 mil milhões de dólares e inclui a Cox Communication, Cox Media Grou, Manheim e AutoTrader.com.

9. Iris Fontobona
Fortuna: 15,5 mil milhões de dólares (11,2 mil milhões de euros)
Idade: 71
Fonte de riqueza: Exploração mineira
Iris Fontobona herdou a sua fortuna do seu falecido marido, o milionário chileno Luksic Andronico, que era a pessoa mais rica do Chile e o quarto de toda a américa Latina. A família tem ações na Quinenco, fabricante de embalagens de consumo, no Banco do Chile e em serviços portuários, energia e transportes. Mas a fortuna da família advém principalmente da Antofagasta, uma das maiores empresas exploradoras de cobre do mundo.

10. Laurene Powell Jobs
Fortuna: 14 mil milhões de dólares (10 mil milhões de euros)
Idade: 50
Fonte de riqueza: Apple e Disney
Laurene Jobs é a viúva de Steve Jobs, que dispensa apresentações, e a maior acionista individual da Disney, com mais de 130 milhões de ações da empresa de entretenimento. Todas juntas, as ações da Disney valem três vezes mais do que a sua quota-parte da Apple.

Leia também os seguintes artigos relacionados com o mesmo tema:

Como fazer refeições por menos de 1,25 euros?

Saiba tudo o que pode deduzir na próxima declaração de IRS

Uma dica de poupança por dia

Conheça o novo apoio para desempregados sem subsídio

artigo do parceiro:

Comentários