O poder das palavras no desenvolvimento pessoal

A escrita é uma ferramenta extremamente útil para o auto conhecimento

Há palavras poderosas que mudam as pessoas. Neste caso concreto, refiro-me ao poder da escrita e a arte de bem viver.

- Considera que o auto conhecimento é um fator importante no seu desenvolvimento pessoal?

- Está a atravessar uma fase dolorosa na sua vida?

- Considera que existe uma discrepância entre aquilo que diz e aquilo que faz na linguagem dos sentimentos? Por exemplo, identifica a resistência ao identificar e expressar honestamente os seus sentimentos nas relações com as outras pessoas?

Se as suas respostas são sim, considere a escrita uma ferramenta extremamente útil para o auto conhecimento. Após duas décadas de experiência profissional nas pessoas que acompanho, confirmo a eficácia e o retorno fantástico neste tipo de investimento.

Devido ao tipo de vida stressante (correria), ao turbilhão de pensamentos e aos estímulos a que estamos expostos no dia a dia, raramente paramos para refletir sobre os efeitos e as consequências das nossas atitudes e comportamentos. Por outro lado, um fator importante que condiciona a reflexão honesta é - dá trabalho e o retorno não é imediato. Dá trabalho pensar nos erros e nas suas causas, refletir sobre a vergonha associada à raiva e à ansiedade, refletir sobre o sentimento de culpa e a honestidade, nos sentimentos, na auto estima e no amor-próprio, etc. Na maioria das vezes, a atitude mais usual que adotamos diante a reflexão é: “Não vou pensar mais nisso.” Esta afirmação não tem absolutamente nada de reflexão, pelo contrário, significa negar os sentimentos e buscar a sensação de alívio imediato. É um mecanismo psicológico de defesa muito apelativo. A longo prazo, esta atitude pode revelar-se enganadora, visto justificar o injustificável.

A Dica de hoje visa reforçar o auto conhecimento através da escrita criativa e da reflexão construtiva.

Em que é que consiste este tipo específico de escrita?

Registar e gravar pensamentos, experiências e sentimentos. Refletir sobre os resultados das nossas decisões, ambições, projetos, objetivos, sentimentos, atitudes, relacionamentos de intimidade e questionar as crenças/pensamentos negativos. Efeito semelhante quando você consulta um álbum de fotografias.

Quais são os benefícios?

Reduz as consultas ao médico com problemas associados ao stress, reduz o absentismo laboral, reduz sintomas depressivos, monitoriza os níveis de ansiedade, melhora a sua memória, a gratidão, o humor e a auto estima.

Na página seguinte: Como é que pode começar a escrever o Jornal de Sentimentos?

Comentários