O que é uma hérnia?

Uma doença metabólica, por Dr. Miguel Pinto
Uma hérnia abdominal consiste na projeção ou saída parcial de um órgão, como o intestino delgado ou grosso, através de um orifício natural ou de um ponto débil da parede abdominal, sendo considerado um volume mole na superfície do corpo, que afeta, segundo o cirurgião Miguel Pinto, cerca de 10 por cento da população.



O que é uma hérnia?



É um defeito localizado da parede abdominal, um orifício que permite a passagem anormal do intestino.



As hérnias são frequentes?



Sim. O risco de sofrer uma hérnia inguinal nos homens é de 27% e na mulher de 3%.



Onde se localizam as hérnias?



As mais frequentes são as inguinais: 73%, localizadas na virilha. A seguir estão as que se localizam no umbigo: 9,5% e, finalmente, as incisionais: 6,2% que aparecem ao nível da cicatriz de uma cirurgia abdominal.



Porque sofremos de hérnia?



Pela combinação de um defeito congénito, tecidos debilitados e esforços.




Podemos evitar uma hérnia?



Não, mas podemos reduzir a possibilidade do seu aparecimento, evitando hábitos que enfraquecem os tecidos tais como fumar, ter uma má alimentação ou fazer dietas que reduzem o peso a uma velocidade exagerada, entre outros.



É possível ter uma hérnia e não ter queixas?



Sim, em alguns casos, sobretudo nas fases iniciais.

Comentários