Porque devemos comer mais vegetais?

A Organização Mundial de Saúde alerta para os perigos da redução do consumo de legumes e hortaliças e sugere a ingestão de 400 gramas de vegetais e fruta por dia. Não é por acaso que este grupo de alimentos tem lugar de destaque na Roda dos Alimentos.

Os vegetais/hortaliças guardam quantidades apreciáveis de vitaminas, minerais e fibras alimentares, fundamentais ao funcionamento do aparelho digestivo, prevenindo a obstipação. A combinação destes nutrientes potencia a saciedade que ajuda a controlar o apetite. Neste contexto, a sopa revela-se um excelente aliado para atingir este objetivo.

Várias pesquisas científicas comprovam que a sopa de legumes, tradicionalmente portuguesa, é insubstituível na prevenção de algumas doenças, como a obesidade, as doenças cardiovasculares, o cancro, etc.

Mesmo naqueles dias em que nos sentimos cansados, com falta de tempo, não devemos comprometer o consumo de sopa. Este problema pode ser ultrapassado com a utilização de vegetais já cortados e prontos ou de vegetais congelados que podem ser uma ajuda dada a sua rápida preparação.

As sopas frescas e as desidratadas também são boas alternativas disponíveis para garantir a ingestão de vegetais e hortaliças, com excelente qualidade. Mesmo na altura das férias, podem ser os aliados para uma refeição leve e nutritiva. Na base de uma alimentação equilibrada e variada, é importante variar no tipo de legumes que consumimos.

Assim, a opção deverá passar por alternar entre brócolos, agrião, cebola, alho, cogumelos, espinafres, abóbora, cenoura, couve portuguesa, nabo, grelos e curgetes. O tomate, apesar de ser um fruto, também é um ingrediente ideal para fazer sopa. O truque passa por diversificar e para isso poderá usar truque das cores, já que a cada cor correspondem características nutricionais e fitoquímicas diferentes e essenciais! Lembre-se, a sopa associa-se a um início de refeição saudável, é baixa em calorias e muito saciante, que diminui o apetite para outros alimentos mais calóricos do prato principal ou sobremesa. E ainda come vegetais.

Helena Cid

Nutricionista

artigo do parceiro:

Comentários