Venda de medicamentos genéricos subiu 37,6% nos Açores em 2012

Verificou-se aumento de 3,5% no mercado total de medicamentos e 0,8% no de genéricos no arquipélago
9 de novembro de 2013 - 12h01



A venda de medicamentos genéricos em 2012 registou nos Açores um incremento de 37,6%, contra 19,8% a nível do continente, sendo que na maior ilha açoriana (São Miguel) verificou-se um aumento na ordem dos 45,6%.



Segundo os mesmos dados, disponibilizados à Lusa pelo delegado nos Açores da Associação Nacional de Farmácias, José Aires Raposo, ao longo de 2012 o mercado total de medicamentos (que envolve todos os medicamentos) cresceu 1,9% nos Açores (4,8% em S. Miguel), face a 0,3% no continente.



Venderam-se mais caixas, mas a preços mais baixos, porque "o preço dos medicamentos tem estado sempre em queda", segundo explicou José Aires Raposo, dizendo que, assim, "relativamente ao valor, estes índices são negativos em todas as regiões".



Em relação a este ano, desde janeiro até setembro, os dados apontam para, no conjunto dos Açores, um aumento de 3,5% do mercado total de medicamentos e 0,8% no de genéricos. A nível do continente houve um decréscimo de 0,2% no mercado total e de 4,7% no de medicamentos genéricos.



Já no que toca a S. Miguel houve um decréscimo de 14,3% e 15% no mercado total de medicamentos e de genéricos, respetivamente, entre janeiro e setembro deste ano.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários