Universidade de Coimbra procura voluntárias para programa inovador de combate à obesidade

Plano alimentar com uma duração de três meses visa promover melhor qualidade de vida
29 de abril de 2014 - 09h11



Provar a eficácia de um programa inovador de intervenção em Obesidade e dificuldades no controlo alimentar é o objetivo do projeto de investigação “BeFree”, que está à procura de mulheres voluntárias para seguirem o plano com uma duração de três meses.



Com inscrições gratuitas através do correio eletrónico: cineicc@fpce.uc.pt ou do telefone: 239 851464 – o projeto aceita candidaturas de mulheres com idades compreendidas entre 18 e 55 anos, residentes no distrito de Coimbra, com obesidade ou excesso de peso e dificuldades no controlo alimentar.



Desenvolvido de raiz por uma equipa do Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenção Cognitivo-Comportamental (CINEICC) da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, que possui uma larga experiência no tratamento de perturbações alimentares, o BeFree recorre a elementos de programas aplicados com sucesso nos EUA e no Reino Unido. O BeFree visa "promover novas formas de as mulheres que sofrem de obesidade se relacionarem com a alimentação e com as suas emoções e melhorar o controlo alimentar e a sua qualidade de vida", explica o investigador Sérgio Carvalho.



Na prática, o programa desenvolvido no âmbito de um estudo financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), e coordenado pelo Professor José Pinto Gouveia, "fornece ferramentas e competências estratégicas para uma gestão emocional eficaz, ajudando a regular os episódios de descontrolo alimentar. Vários estudos indicam que a existência de episódios de descontrolo alimentar está associada a quadros clínicos de obesidade mais severos e a uma maior dificuldade em perder peso".



Por SAPO Saúde
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários