Quase todo o país apresenta hoje risco alto de exposição a raios ultravioleta

Lisboa, Coimbra e Braga com máxima de 33 graus, 30 no Porto e 28 em Faro

20 de setembro de 2013 - 07h58

Quase todo o país apresenta hoje risco alto de exposição a radiações ultravioletas (UV), de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA informa na sua página na Internet que todas as regiões do país, com exceção de Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Horta (grupos Central e Oriental dos Açores), apresentam risco alto de exposição a radiações UV.

O índice UV apresenta cinco níveis, entre o baixo (1 e 2) e o extremo, sendo o máximo o onze.

O IPMA recomenda em casos de níveis de índice alto que as pessoas usem óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar.

O IPMA colocou hoje sob aviso amarelo os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga e Leiria, o segundo menos grave de uma escala de quatro, entre as 08:00 de sábado e as 17:59 de domingo devido à persistência de temperaturas máximas elevadas.

Para hoje no continente, o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, vento em geral fraco do quadrante leste, soprando moderado de noroeste no litoral a norte do Cabo de Sines durante a tarde.

Nas terras altas das regiões norte e centro, o vento soprará moderado de nordeste, em especial até meio da manhã e para o final do dia.

A previsão aponta também para uma pequena subida das temperaturas máxima e mínima na região sul e no litoral oeste.

Em Lisboa, Coimbra e em Braga prevê-se uma máxima de 33 graus Celsius, Évora terá 35, Beja e Leiria 34, Viana do Castelo, Porto, Vila Real e Viseu 30, Castelo Branco 32, Faro 28, Funchal e Angra do Heroísmo 24, Ponta Delgada 24 e Santa Cruz das Flores vinte e seis.

Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários