Nove regiões do país com risco muito alto de exposição à radiação UV

Estão previstas ainda temperaturas amenas para todo o país

16 de abril de 2014 - 07h17

Nove regiões do país apresentam hoje risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV), enquanto outras 15 apresentam valores altos, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, Beja, Castelo Branco, Faro, Funchal, Guarda, Penhas Douradas, Porto Santo, Sagres e Viseu apresentam hoje risco muito alto de exposição à radiação UV.

Para estas regiões, o IPMA aconselha a população a utilizar óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao sol.

Em risco muito alto estão as regiões de Aveiro, Bragança, Braga, Coimbra, Évora, Lisboa, Porto, Portalegre, Santarém, Setúbal, Sines, Viana do Castelo, Vila Real, Santa Cruz das Flores e Ponta Delgada, respetivamente nos grupos Ocidental e Oriental dos Açores.

O IPMA aconselha para estas regiões o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt e protetor solar.

A radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde se o nível exceder os limites de segurança, alerta o instituto.

O índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o baixo e o extremo, sendo o máximo o onze.

Céu com alguas nuvens e temperaturas amenas

O IPMA prevê para hoje céu geralmente pouco nublado, apresentando-se geralmente muito nublado nas regiões do litoral oeste até ao final da manhã, e aumento de nebulosidade nas regiões norte e centro a partir do início da tarde, com condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoada, em especial nas regiões do interior.

Comentários