Nogueira Leite nomeado para exercer funções não remuneradas no Estado

Ministro nomeia gestor para presidir ao conselho consultivo do Centro Hospitalar do Baixo Vouga
21 de maio de 2013 - 15h17



O ex-dirigente do PSD António Nogueira Leite vai presidir ao conselho consultivo do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, determina um despacho assinado pelo ministro da Saúde, Paulo Macedo, publicado esta terça-feira em Diário da República.



O despacho não especifica informações acerca da remuneração ou restante composição do referido conselho.



No entanto, o economista deixou claro que as novas funções para que foi nomeado não serão remuneradas, numa publicação feita na sua página do Facebook.



“O meu cargo no conselho consultivo do centro hospitalar do Baixo Vouga é absolutamente graciosa. Contributo meu para a minha região, assim como a colaboração graciosa para a Universidade de Aveiro”, escreve Nogueira Leite, acrescentando “graciosa duplamente, pois pago do meu bolso todos os custos inerentes ao exercício da função”.



Menos de meio ano depois de deixar a administração da Caixa Geral de Depósitos - onde foi vice-presidente durante dois anos -, o ex-dirigente do PSD volta assim a exercer funções para o Estado.



Em abril, Nogueira Leite foi reeleito administrador da EDP Renováveis para exercer funções até 2014 e há poucas semanas foi proposto para a administração da empresa tecnológica Reditus.



O economista, que foi secretário de Estado do Tesouro e Finanças entre 1999 e 2000, esteve representado em conselhos de administração de várias empresas, como a Soporcel, Reditus, Quimigal, Brisa, Efacec Capital, CUF, entre outras.



SAPO Saúde
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários