Medicamentos para a artrite reumatoide passam a ser gratuitos

Os medicamentos para as artrites reumatoide, idiopática juvenil, psoriática e as espondiloartrites passam a ser gratuitos para os doentes, uma vez que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) vai comparticipá-los a 100%.

O diploma, publicado em Diário da República, refere que estes fármacos, que beneficiavam de uma comparticipação de 69%, passam a ter um regime excecional de comparticipação específico para os fármacos modificadores da doença reumática.

Na origem desta medida está a morbilidade que estas doenças provocam, assim como as repercussões pessoais e socioeconómicas nos doentes, uma vez que “são doenças de sintomatologia em muitos casos incapacitante e fortemente penalizadora da qualidade de vida dos doentes”.

Estes fármacos só poderão ser prescritos por médicos especialistas em reumatologia e medicina interna e podem ser adquiridos na farmácia comunitária.

A medida entra em vigor em maio.

O que é a artrite reumatóide?

A artrite reumatóide é uma patologia inflamatória que causa dor, edema, rigidez e perda de função nas articulações.

De origem desconhecida, pode surgir em todas as idades e afeta sobretudo as estruturas articulares e periarticulares.

Um estudo epidemiológico levado a cabo pela da Sociedade Portuguesa de Reumatologia em 2012 refere que cerca de 50.000 portugueses sofrem desta patologia.

Alimentos e medicamentos que não deve misturar

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários