Mau tempo: IPMA eleva para treze distritos aviso laranja devido à chuva

Aviso laranja para estes treze distritos vai estar em vigor até às 23h59 de terça-feira
23 de setembro de 2014 - 08h50



O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou para treze o número de distritos do continente sob aviso laranja, enquanto outros cinco estão a amarelo, devido à previsão de chuva forte e possibilidade de trovoadas.



De acordo com informação disponível na página da Internet do IPMA, os distritos de Aveiro, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Santarém, Lisboa, Portalegre, Setúbal, Évora, Beja e Faro estão sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada



O aviso laranja para estes treze distritos vai estar em vigor até às 23h59 de hoje.



O aviso laranja pressupõe uma situação meteorológica de risco moderado a elevado. Enquanto o amarelo implica uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.



O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada, vento em geral fraco predominando do quadrante sul, neblina ou nevoeiro matinal, pequena descida da temperatura mínima na região norte e subida da máxima nas regiões norte e centro.



Quanto às temperaturas, em Lisboa, Coimbra, Vila Real, Ponta Delgada e Angra do Heroísmo 22 graus Celsius, no Porto, Braga, Viana do Castelo e Faro 24, em Castelo Branco, Portalegre, Viseu, Bragança 20, Guarda 15, Santa Cruz das Flores 21, Évora e Leiria 23, Funchal e Beja 25.



Mau tempo mantém-se até quarta-feira



As condições de instabilidade registadas na segunda-feira, com chuva e trovoadas, vão manter-se ao longo do dia de hoje, disse à agência Lusa o meteorologista Ricardo Tavares, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).



“Para hoje, vão manter-se as condições de instabilidade que ocorreram durante o dia de ontem [segunda-feira]. Estamos a prever para hoje aguaceiros por vezes fortes e acompanhados por trovoadas um pouco por todo o território”, adiantou à Lusa Ricardo Tavares.



Por SAPO Saúde/Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários