Maioria dos portugueses com alto risco cardiovascular têm excesso de peso

Cerca de 70% dos portugueses de alto risco cardiovascular apresentam elevado perímetro abdominal e perto de 40% sofrem de obesidade, segundo dados de um estudo europeu divulgado esta segunda-feira em Portugal.

O estudo realizado em 14 países, incluindo em Portugal através da Sociedade de Cardiologia, foi feito no âmbito dos cuidados de saúde primários com o objetivo de avaliar as medidas de prevenção cardiovascular nos doentes considerados de alto risco.

Os resultados, divulgados na véspera do Dia Mundial do Coração que se assinala na terça-feira, mostram que a obesidade central (aumento do perímetro abdominal) afeta 68% dos doentes portugueses, um valor ligeiramente acima da média europeia, que se situa nos 64%.

A obesidade é um dos principais fatores de risco da hipertensão e de outras doenças cardiovasculares.

A nível europeu, o estudo EuroAspir IV mostrou que 80% dos doentes de risco europeus têm excesso de peso.

Portugal em 10.º lugar em doentes com obesidade

No conjunto de países avaliados, Portugal aparece em 10.º lugar ao nível dos doentes com obesidade (38%), estando neste caso situado abaixo da média europeia que é de 44%.

Comentários