Loulé/Saúde: Hospital da Misericórdia custa 4,5M€ e é inaugurado por Cavaco Silva 6ª feira

O secular Hospital da Misericórdia de Loulé, no Algarve, com um investimento de 4,5 milhões de euros, é inaugurado na sexta-feira pelo Presidente da República, embora tenha aberto ao público em março, disse hoje fonte autárquica.

“O Hospital da Misericórdia de Loulé, um edifício do século XVI, é uma referência social enorme, que tem quase cinco séculos de existência, que foi criado por D. Sebastião para dar resposta de retaguarda aos feridos que vinham do norte de África. Funcionou até 1975 como Hospital da Misericórdia, passando para a tutela do Ministério da Saúde durante muitos anos”, explicou, em entrevista à Lusa, o autarca de Loulé, recordando que para o fim o edifício ficou "quase em ruínas".

Segundo Seruca Emídio, a gestão da instituição é da responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia, que estabeleceu um "protocolo" com a Administração Regional de Saúde do Algarve.

Com as obras de ampliação e remodelação, em que a Câmara apoiou com um 1,25 milhões de euros, o hospital oferece duas componentes: uma unidade pública de cuidados continuados de saúde e uma unidade privada com consultas externas em diversas especialidades e bloco operatório.

Nos cuidados públicos, o hospital tem uma Unidade de Longa Duração e Manutenção com “21 camas de cuidados continuados”.

Uma particularidade do recuperado hospital de Loulé é que a parte privada vai ser gerida por “uma espécie de sociedade de médicos de várias especialidades que trabalhavam isoladamente e que se juntaram quase como uma cooperativa”, adiantou o também médico Seruca Emídio, que considera o “conceito interessante”.

A população pode aceder a consultas externas de Fisioterapia, Pediatria, Otorrinolaringologia, Cardiologia, Urologia e Imagiologia, assim como há salas para exames de ecografias, mamografias, RX, e também gabinetes de urgência e salas de tratamento de enfermagem.

O Hospital da Misericórdia de Loulé foi o primeiro do sul do país a ter serviço de Radiologia e já foi considerado um dos melhores da sua categoria a nível nacional.

Apesar de estar em funcionamento desde março, o Hospital da Misericórdia é inaugurado pelo Presidente da República, Cavaco Silva, na sexta-feira às 18:00, garantiu hoje Seruca Emídio.

Cerca de 200 mil euros do investimento no Hospital da Misericórdia são fruto das receitas oriundas do Carnaval de Loulé 2011, onde a Câmara estimou que com a visita de 100 mil pessoas a comprarem as entradas a dois euros, conseguiam apoiar a instituição.

07 de julho de 2011

Fonte: Lusa

Comentários