Leiria recebe 1º Congresso Internacional de Cardiologia

Cardiologistas de todo o mundo irão reunir-se nos próximas dias 8 e 9 de julho

Mais de duas centenas de cardiologistas de todo o mundo estarão reunidos nos próximos dias 8 e 9 de Julho no primeiro Congresso Internacional de Cardiologia / International Cardiology Meeting, organizado pelo Serviço de Cardiologia do Hospital de Santo André (HSA). Com o tema “Challenges in Cardiology”, o evento tem como objectivo discutir os mais recentes avanços tecnológicos e as novas formas de prevenção e ao nível do diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares, numa época em que a sua prevalência ainda está em crescimento, principalmente nos países mais desenvolvidos.

«No mundo ocidental, as doenças cardiovasculares matam actualmente mais pessoas que todos os tumores juntos», refere João Morais, director do Serviço de Cardiologia, acrescentando que, «apesar da inovação tecnológica e da evolução dos procedimentos de diagnóstico e terapêutica contribuírem para uma diminuição acentuada da sua gravidade, inclusive da mortalidade, a sua prevalência aumenta na mesma proporção do desenvolvimento dos países, graças à má alimentação e hábitos de vida muito negativos, com forte impacto nas doenças cardiovasculares».

Este será o primeiro evento deste género no centro do País, «que se revela hoje um claro foco de evolução tecnológica e investigação médica», afirma João Morais. O International Cardiology Meeting abordará questões práticas fundamentais para a prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares, por exemplo o tratamento da hipertensão arterial, o controlo do colesterol e o seu impacto nas doenças cardiovasculares, e a prevenção do acidente vascular cerebral. A discussão destes temas tem uma grande repercussão na prática médica diária, e tê-la-á também na vida dos doentes.

João Morais foi vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, é membro da Sociedade Europeia de Cardiologia, onde é também secretário do Grupo de Estudo da Trombose, desde 2010. É um dos mais respeitados cardiologias portugueses, com dezenas de intervenções e trabalhos científicos nesta área. Como director da Cardiologia do HSA, coordena a Unidade de Hemodinâmica e Intervenção Cardiovascular do HSA, a mais recente e avançada a funcionar em Portugal.

Embora receba maioritariamente especialistas na área da cardiologia, o programa deste congresso está construído, segundo João Morais, «para poder satisfazer o mais diferenciado cardiologista, dominador da alta tecnologia, mas ao mesmo tempo agradar ao médico de família que trabalha num centro de saúde longe de toda a parafernália tecnológica que hoje utilizamos».

04 de julho de 2011

Fonte: Midlandcom

Comentários