IPO de Lisboa recebe certificação europeia em cuidados paliativos

O Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil de Lisboa (IPO de Lisboa) recebeu uma certificação em cuidados paliativos da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO, na sigla em inglês)
créditos: PIPOP

O IPO de Lisboa foi assim reconhecido como Centro Integrado de Oncologia e Cuidados Paliativos, uma distinção que atesta a qualidade dos serviços do hospital.

Este é o primeiro hospital do Serviço Nacional de Saúde (SNS) a obter aquele certificado de qualidade, que foi anunciado numa sessão especial sobre centros integrados de oncologia e cuidados paliativos, no âmbito do Congresso Europeu do Cancro 2015, que terminou esta terça-feira, dia 29.

A distinção é uma garantia de que os serviços prestados estão de acordo com os protocolos da ESMO, sublinhou a unidade numa nota de imprensa.

"Em oncologia, os cuidados paliativos devem ser prestados de forma integrada com os tratamentos dirigidos ao cancro e devem estar disponíveis ao longo de toda a trajetória da doença, não apenas no fim da vida, sendo extensíveis à família", sublinhou o oncologista João Freire, que liderou a candidatura do IPO de Lisboa àquela certificação.

PIPOP

artigo do parceiro:

Comentários