Iniciativa internacional de sensibilização para a Esclerose Múltipla passa por Portugal

Fly for MS traz doentes a Lisboa para tratamento

Dois europeus e um americano partiram numa viagem de 30 mil quilómetros com um objectivo único de sensibilizar autoridades e populações de todo o Mundo para uma doença silenciosa ainda desconhecida por muitos: a Esclerose Múltipla (EM). Portugal é um dos 28 países que fazem parte do mapa do Fly for MS, recebendo a equipa, em Lisboa, no dia 21 de Outubro, no Aeroporto Militar do Figo Maduro, às 11h00.

Na etapa portuguesa, a iniciativa vai ser marcada pela sensibilização para a falta de acesso aos tratamentos específicos, trazendo dois doentes com EM da Covilhã até Lisboa para poderem receber tratamento no centro de neuro-reabilitação da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM).

A SPEM e a equipa Fly for MS convidam-no a estar presente nesta chegada a Lisboa, num evento que vai chamar a atenção de decisores nacionais, especialistas e sociedade em geral para uma problemática que afecta os doentes de EM em Portugal, mas também os de outras patologias – a falta de acesso a tratamento complementar específico.

Sobre a Esclerose Múltipla
A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença do sistema nervoso central. É uma patologia inflamatória, crónica, desmielinizante e degenerativa que interfere com a capacidade em controlar funções como a visão, locomoção e equilíbrio. Em Portugal, estima-se que existam mais de 5.000 doentes com EM dos quais apenas 3.500 receberão tratamento, já que muitos casos não estão diagnosticados.

A EM é uma patologia que pode desencadear-se desde muito cedo, aos 20 anos. Os sintomas manifestam-se por surtos e podem piorar progressivamente até à paralisia, alterações da fala e perdas visuais. Neste momento, a causa da EM não é causa conhecida, não existindo cura.

Sobre a SPEM
A SPEM é uma instituição privada de solidariedade social com 26 anos de existência e cuja missão é contribuir para a melhoria das condições de vida do portador de esclerose múltipla e respectivos cuidadores. Neste âmbito, a SPEM intervém junto dos poderes públicos e organismos competentes, especialmente nas áreas da saúde e social, no sentido da maior eficiência na divulgação da informação pertinente sobre a patologia e acesso às respectivas terapias. A acção da instituição estende-se a toda a sociedade civil, como forma de sensibilização para a existência de uma realidade cujas consequências impõem o apoio de todos.

Para saber mais sobre a fly for MS: http://www.flyms.org/

2010-10-20

Comentários