Grupo Trofa Saúde cria 200 postos de trabalho com novo hospital privado em Braga

Hospital Privado de Braga Centro vai disponibilizar serviços em mais de 40 especialidades
9 julho de 2014 - 16h15



O Grupo Trofa Saúde vai abrir um segundo hospital privado em Braga, um investimento de 50 milhões de euros que permitirá a criação de 200 postos de trabalho, informou hoje aquele grupo privado de prestação de serviços de saúde.



Em comunicado enviado à Lusa, o Trofa Saúde aponta o ultimo trimestre de 2014 para abertura desta nova unidade com a capacidade de 50 camas e explica que este passo assinala a "estratégia de crescimento do grupo".



Segundo o texto, o futuro Hospital Privado de Braga Centro vai disponibilizar serviços de ambulatório/consultas, com mais de 40 especialidades, e análises clínicas, numa primeira fase, e depois contará com os serviços de atendimento permanente, imagiologia, fisioterapia, bloco e internamento.



A unidade, adianta o texto, terá ainda a funcionar especialidades médicas e cirúrgicas como a pediatria, medicina geral e familiar, medicina interna, ortopedia, cardiologia, cirurgia geral, dermatologia, medicina dentária, ginecologia/obstetrícia, otorrinolaringologia, oftalmologia, gastrenterologia, neurocirurgia, pneumologia, urologia e psiquiatria entre outras.



"O novo Hospital Privado de Braga Centro é resultante do crescimento exponencial da procura no Hospital Privado de Braga que, em menos de quatro anos, está prestes a atingir a sua capacidade produtiva", salienta o administrador do Grupo Trofa Saúde, Artur Osório.



Segundo este responsável "a nova unidade do Grupo Trofa Saúde apresenta uma arquitetura hospitalar assente na multidisciplinariedade na moderna abordagem das doenças, permitindo que o doente beneficie das melhores técnicas, de forma integrada e célere".



O texto adianta ainda que esta nova unidade visa "duplicar a capacidade do atual Hospital Privado de Braga Sul" e será "equipada com as mais recentes tecnologias de organização, diagnóstico e tratamento, a nova unidade apresenta uma solução de saúde integrada e dá resposta, no mínimo de passos e se possível no mesmo dia, às necessidades dos pacientes".



Por Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários