Fundação Champalimaud debate com especialistas mundiais cancro colorretal este fim de semana

Fim de semana discute doença com maiores especialistas mundiais

11 de fevereiro de 2014 - 11h45

A Fundação Champalimaud vai realizar, nos dias 14 e 15 de fevereiro de 2014, uma reunião internacional sobre cancro colorretal, um simpósio designado “Rectal Cancer - When not to operate”. Alguns dos maiores especialistas mundiais, provenientes de diversos centros internacionais, irão reunir-se no auditório da Fundação Champalimaud para discutir o impacto que a resposta completa à quimio-radioterapia poderá ter nas opções de tratamento ou vigilância de doentes com cancro do reto.

Este simpósio, promovido pela Fundação Champalimaud e organizado pelo Professor Bill Heald, Geerard Beets e Carlos Carvalho conta com a participação dos seguintes oradores:

Julio Garcia-Aguilar – Nova Iorque, EUA, Geerard Beets - Maastricht, Holanda, Regina Beets-Tan - Maastricht, Holanda, Gina Brown - Londres, Reino Unido, Carlos Carvalho - Lisboa, Portugal, J. Filipe Cunha - Lisboa, Portugal, Chris Cunningham - Oxford, Reino Unido, Ian Daniels - Exeter, Reino Unido, Nuno Figueiredo - Lisboa, Portugal, Jean-Pierre Gerard - Nice, França, Robert Glynne-Jones - Londres, Reino Unido, Carlo Greco - Lisboa, Portugal, Angelita Habr-Gama - São Paulo, Brasil, Bill Heald - Basingstoke, Reino Unido, Werner Hohenberger - Erlangen, Alemanha, Philip Paty - Nova Iorque, EUA, Koen Peeters - Leiden, Holanda, Rodrigo Perez - São Paulo, Brasil, Philip Quirke - Leeds, Reino unido, Philippe Rouanet - Montpellier, França, Inês Santiago - Lisboa, Portugal, Diana Tait - Londres, Reino Unido, Luzia Travado - Lisboa, Portugal, Vincenzo Valentini - Roma, Itália e Cornelis van de Velde - Leiden, Holanda.

Durante os dois dias do encontro, o conceito de “Resposta Completa” estará em foco e serão vários os temas sujeitos a discussão e votação numa perspetiva de avaliação das práticas atuais, caminhos alternativos e definição de novas e melhores opções de tratamento.

O encontro será em Inglês e a entrada sujeita a inscrição.

SAPO Saúde

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários