Dois alunos de escolas de Sintra internados e quinze atendidos nas urgências

Cerca de 100 alunos terão faltado hoje às aulas na secundária Ferreira Dias
5 de dezembro de 2013 - 17h16



Dois alunos de escolas de Sintra foram hoje internados no Hospital Amadora-Sintra e outros quinze foram às urgências com sintomas de vómitos e diarreias, disse à Lusa o diretor do Agrupamento de Centros de Saúde de Sintra (ACES).



De acordo com Vítor Cardoso, três médicos de família do ACES foram hoje mobilizados para as escolas Francisco dos Santos, em Rio de Mouro, e Ferreira Dias, em Agualva, depois de ter surgido um alerta de que alunos apresentavam sintomas de diarreia e vómitos.



Cerca de 100 alunos terão faltado hoje às aulas na secundária Ferreira Dias, adiantou, desconhecendo-se, contudo, o motivo.



Segundo o responsável, os médicos encontram-se a acompanhar os alunos e a fazer "colheitas de águas" que serão encaminhadas para laboratório, com o objetivo de identificar a causa destes sintomas.



Segundo o diretor do ACES, uma vez que ainda se desconhecem as causas, já foram feitos inquéritos epidemiológicos.



Contactado pela agência Lusa, o presidente da Associação de Pais da Escola Ferreira Dias, Álvaro Silva, disse que vários alunos foram ao hospital com sintomas de diarreias e vómitos.



Álvaro Silva afasta a hipótese de gastroenterite, uma vez que "a maior parte destes alunos não come na escola".



De acordo com o presidente associação de pais, os sintomas começaram na quarta-feira.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários