Doação de cabelo à Liga permite doar 50 cabeleiras para doentes

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) vai disponibilizar “cerca de 50 cabeleiras a todos os doentes oncológicos que precisem”, resultado de doações de cabelo e de “um investimento de 20.000 euros” para a criação das mesmas.
créditos: AFP

Segundo o presidente da LPCC, Francisco Cavaleiro Ferreira, a iniciativa de doar cabelo foi “uma ação espontânea e individual de algumas pessoas”, tendo assumido maior impacto depois de uma partilha na internet.

“Alguém divulgou de forma simples que estávamos a receber doações e, rapidamente, começámos a receber com bastante frequência pequenas mechas e tranças” de cabelo, informou o presidente da LPCC, em resposta à agência Lusa.

Neste momento, a instituição pretende “travar as doações e esta iniciativa”, explicando que não precisa de mais cabelo natural, uma vez que as cerca de 50 cabeleiras “são suficientes para colmatar as necessidades dos doentes oncológicos” apoiados pela LPCC e o objetivo é que sejam reutilizadas ao longo do tempo.

Um pouco por todo o país, foram várias as pessoas que contribuíram para esta causa. A LPCC não tem contabilizado o número total de doações, “uma vez que se tratou de uma iniciativa espontânea, não foi contabilizada desde início”, contudo o presidente Francisco Cavaleiro Ferreira considerou que “a generosidade dos portugueses para com a LPCC tem sido inexcedível”.

A trabalhar na área das medicinas de cuidados complementares em Leiria, Ana Mendes, de 46 anos, quis “doar o cabelo no sentido de poder estar a ajudar alguém a sentir-se melhor”, mas não se ficou apenas pela doação.

Em julho de 2014, criou a página de ‘facebook’ “Doar Cabelo” para poder “sensibilizar outras pessoas a fazer o mesmo”, divulgando informação de onde e quais os requisitos para doar e partilhando testemunhos de pessoas que doaram.

Ana Mendes ficou surpreendida com a adesão que a página teve no início, contando que “numa semana mais de mil pessoas aderiram”. Neste momento, a página tem mais de 3.300 seguidores.

Comentários