Best Medical Opinion lança novo serviço de pareceres médico-legais

A Best Medical Opinion, uma entidade independente e sem relação com unidades hospitalares ou companhias de seguro, lançou mais um serviço que vem complementar a oferta de pareceres médicos que já disponibilizava desde 2010.

A Best Medical Opinion (BMOp), instituição autónoma com especialistas em todas as áreas médicas e cirúrgicas, acaba de lançar mais um serviço. A plataforma, cujo atendimento é personalizado segundo garante Pedro Meira e Cruz, diretor da organização, passa agora a disponibilizar pareceres médico-legais, um serviço que conta com médicos e outros profissionais com formação e experiência médico-legal, que complementa os pareceres médicos emitidos na perspetiva clínica.

A BMOp conta hoje com quase 600 pedidos desde a sua fundação, em 2010.

A instituição facultava, até agora, entre outros serviços, os designados pareceres médicos. Ou seja, opiniões médicas independentes, no âmbito da Medicina em geral, exclusivamente com base documental, sem observação clínica dos doentes, por médicos de várias especialidades e sub-especialidades e competências médicas. Este outro serviço permite esclarecer dúvidas sobre a saúde individual, numa perspetiva clínica, relacionadas com diagnóstico, tratamentos, cirurgias, procedimentos, prática médica e exames médicos.

Agora, a organização lança um novo serviço que fornece opiniões médico-legais independentes, no âmbito médico-legal/forense, emitidas, numa perspetiva médico-legal, exclusivamente com base documental, por médicos com formação específica em medicina legal, materializada em documentos escritos e assinados.

"Este serviço destina-se a cidadãos em geral e advogados que desejam obter um parecer médico-legal independente e em tempo útil, em contexto de processos judiciais ou extrajudiciais. Podem inclusivamente representar um complemento a um parecer médico emitido na perspectiva clínica.", explica Pedro Meira e Cruz.

Os pareceres da Best Medical Opinion permitem assim esclarecer, não só, dúvidas relacionadas com diagnóstico, tratamentos, procedimentos, exames médicos, actos médicos, como também, dúvidas de carácter médico-legal e discussão de questões médico-legais, incluindo questões relacionadas com causa de morte/óbitos e/ou no âmbito de processos em que há dúvidas sobre a existência ou não de erro médico ou seja processos no âmbito de situações de alegada negligência médica.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários