Ao lado dos aldeamentos de luxo de Vilamoura, Benfarras não tem água nem esgotos

População e comerciantes da aldeia de Benfarras espalham cartazes na via EN125 em protesto contra a falta de saneamento público há mais de 20 anos.

A notícia é avançada esta quinta-feira pelo Jornal de Notícias.

Há mais de 20 anos que Benfarras não tem água canalizada nem saneamento público.

Há dezenas de habitações, restaurantes, bares, lojas e até uma clínica médica que são forçados a fazer despejos para fossas, já que não há qualquer ligação à rede pública nesta aldeia da freguesia de Boliqueime, no concelho de Loulé.

Tudo isto acontece a escassos metros dos aldeamentos de luxo de Vilamoura, na freguesia de Quarteira.

Segundo queixas dos populares, as fossas, por vezes, entopem e causam rios de dejetos e lixo nas ruas, provocando um odor nauseabundo e colocando a Saúde Pública em risco.

A situação, com resolução prometida há décadas, arrasta-se há 20 anos, o que levou nos últimos dias vários moradores e proprietários a colocarem cartazes à beira da estrada para alertar turistas e algarvios para o problema.

"As pessoas chegam de Lisboa ou do Porto de férias e ficam admiradas quando lhes dizemos que não temos água nem esgotos, o que é uma coisa impensável no século XXI e à beira de uma zona de luxo", relata o proprietário da Drogaria Moderna do Algarve, citado pelo Correio da Manhã.

Veja ainda: 10 coisas que faz na casa de banho e que não devia

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários